Igreja celebra hoje São Bernardo de Claraval, profundo devoto de Maria

Museu de Cluny, França

O grande São Bernardo, da família cirterciense, nasceu no Castelo de Fontaine em 1090, perto da cidade de Dijon, na França. De nobre origem, seguiu a carreira religiosa, enquanto seus irmãos tornaram-se militares. Apesar de monge contemplativo, foi abade, eminente pregador, fundador de vários mosteiros, prior, teólogo, místico e conselheiro de importantes autoridades eclesiásticas e civis, fogoso polemista e pacificador.

Como escritor, notabilizou-se pela autoria de livros que se tornaram populares em toda a Cristandade, como o Tratado do Amor de Deus e Comentário ao Cântico dos Cânticos. Além de inúmeras obras, escreveu também milhares de cartas e mais de 300 sermões.

Porém, baseando-nos em uma de suas mais belas frases, podemos concluir que a fonte de tantos dons, virtudes e qualidades seja a graça, através de Maria Santíssima, de quem era profundo devoto:

“Busquemos a graça, mas busquemos por intermédio de Maria! Por Ela, acha-se o que se busca e não se pode ser desatendido.”

Bernardo de Claraval faleceu em 20 de agosto de 1153, sendo canonizado em 1174. Para honra e glória do orbe católico, foi declarado doutor da Igreja em 1830.

Comentar!

 

Sobre Apostolado do Oratório

Blog oficial do Apostolado do Oratório dos Arautos do Evangelho, Associação Internacional de Direito Pontifício.
Esta entrada foi publicada em Nossa Senhora, Vida de Santos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta