Apostolado do Oratório homenageia Nossa Senhora da Piedade

Na sexta-feira, 09 de agosto, membros do Apostolado do Oratório, presente em Cordeiro/RJ há seis anos, homenagearam a Padroeira local no quarto dia do Novenario em preparação à sua Festa

Sr. Jonimax de Maria, Cooperador dos Arautos do Evangelho

A santa missa foi celebrada pelo revmo. Pe. Yves Mozer, pároco de Nossa Senhora da Conceição em Duas Barras/RJ.

Veja fotos da celebração.

Continue lendo “Apostolado do Oratório homenageia Nossa Senhora da Piedade”

Na Festa de Nossa Senhora Rainha, solene consagração à Mãe de Deus

A data escolhida para entregarem-se como escravos de amor à Santíssima Virgem não poderia ter sido melhor

Ir. Alcidio Miranda, EP

Na celebração da festa de Nossa Senhora Rainha um grupo de 25 fiéis da Paróquia Santo Afonso Maria de Ligório realizou a Solene Consagração a Nossa Senhora. A Santa Missa foi celebrada pelo Revmo. Padre Élio Vicente, dos Arautos do Evangelho.

Continue lendo “Na Festa de Nossa Senhora Rainha, solene consagração à Mãe de Deus”

Missas e adorações clandestinas

Há uma figura eclesiástica contemporânea que merece o respeito e a admiração dos católicos; trata-se de Sua Eminência o Cardeal vietnamita Francois-Xavier Nguyen Van Thuan

Pe. Rafael Ramón Ibarguren Schindler*

Sendo Arcebispo Coadjutor de Saigón (hoje, sob o governo comunista, a chamam Ho Chi Minh), com a chegada do regime comunista em 1975 foi preso e passou treze anos no cárcere, nove dos quais no isolamento total. Depois o colocaram em prisão domiciliar, não permitindo-lhe retornar à sua sede diocesana.

Em 1991 lhe foi permitido viajar para Roma sem possibilidade de retorno. Na Cidade Eterna viveu exilado até sua morte em dezembro de 2002. São João Paulo II o criou Cardeal em 2001, e Bento XVI abriu sua causa de beatificação em 2010.

A agência Zenit publicou há algum tempo uma interessante crônica de uma das meditações que o Cardeal Van Thuan pregou ao Papa João Paulo II durante os Exercícios Espirituais realizados no Vaticano no ano jubilar de 2000.

Continue lendo “Missas e adorações clandestinas”

Núncio Apostólico em Moçambique, visita os Arautos do Evangelho

Um grande número de fiéis esperava com entusiasmo a chegada de Dom Piergiorgio Bertoldi, Núncio Apostólico em Moçambique, na Casa de Formação dos Arautos em Maputo, nesse último domingo, 07/07

O Núncio Apostólico foi recebido pela comunidade dos Arautos, fiéis, amigos e familiares com cânticos e a bondade acolhedora tão presente no povo moçambicano.

A Casa  Beato Pierre Toussaint, nome da residência dos Arautos em Maputo, ficou lotada, para as boas vindas do representante do Papa, em terras moçambicanas.

Continue lendo “Núncio Apostólico em Moçambique, visita os Arautos do Evangelho”

O céu, “uma comunhão sem fim”

A Eucaristia é o céu na terra. E ainda, com mais propriedade, que “A Eucaristia é verdadeiramente um resquício do céu que se abre sobre a terra” A Santa Hóstia é uma brecha, uma janela, que nos mostra e nos faz degustar o céu!

Pe. Rafael Ramón Ibarguren Schindler*, EP

Bem sabemos que coisas sucederão ao homem ao final de sua vida na terra: a morte, o juízo e um destino eterno; estas etapas ou pórticos são chamados novíssimos. O destino eterno poderá ser o céu ou o inferno.

Quão saudável é pensar nestas tremendas e inevitáveis realidades! Diz o Eclesiástico “Pensa nos novíssimos e não pecarás eternamente”, ou seja, não te condenarás. Outra tradução do mesmo versículo da Bíblia assim reza: “Em todas tuas ações têm presente teu fim, e jamais cometerás pecado”. São noções afins e complementárias.

Pois sim, a meditação no céu deveria ocupar um espaço considerável em nossa mente e em nosso coração.

Ainda que o homem tenha sede de infinito e aspira à bem-aventurança, é verdade que está mais ao nosso alcance, nos é mais fácil, o temor do inferno que o desejo do céu. Nossa natureza tem horror ao sofrimento; mas no paraíso terreno, antes do pecado original, não éramos assim. Na realidade, tanto no plano inicial quanto no de herdeiros da culpa de Adão, está sempre vigente o desejar, tender e alcançar a meta para a qual fomos criados: a companhia e a visão eterna do Criador.

Continue lendo “O céu, “uma comunhão sem fim””

Em Rondônia, a Virgem de Fátima visita seus filhos

Compartilhamos com nossos leitores o relato das atividades de evangelização em Ji-Paraná/RO. Quem nos escreve é o colaborador dos Arautos do Evangelho, o sr. Emanuel Artiaga


Já dizia-nos São Luís Maria Grignion de Monfort, no Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem:

“Felizes, mil vezes felizes os cristãos que agora se apegam fiel e inteiramente a Nossa Senhora, como uma âncora firme. Os arrancos da tempestade deste mundo não os farão submergir, nem perder os tesouros celestes. ‘Os que seguiam por mim, não pecarão’ (Eclo 24,30), diz Ela com a Sabedoria.”

 

Seguindo os ensinamentos do Apóstolo de Maria, no dia 16 de junho, Solenidade da Santíssima Trindade, ocorreu o solene Envio à Missão do Apostolado do Oratório Maria Rainha dos Corações, na Paróquia São João Batista de Jaru–RO, um dos primeiros da Diocese de Ji-Paraná.

Com grande entusiasmo, o pároco Sivaldo Cherqui salientou a importância de se rezar em família, principalmente a prática constante do Rosário, que — segundo São Pio X — após a Santa Missa, é a mais excelsa forma de orar.

Continue lendo “Em Rondônia, a Virgem de Fátima visita seus filhos”