Meditação do Primeiro Sábado de janeiro 2019


III Mistério Gozoso
Nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo
Chamados para a luz da Fé e da graça divina


Adoração dos Magos-Catedral de Manresa/Espanha

Realizaremos nossa devoção do Primeiro Sábado ainda dentro do Tempo do Natal e, considerando a Festa da Epifania do Senhor, contemplaremos o 3º Mistério Gozoso: O nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Aproximemo-nos então do Presépio e, junto ao Menino Jesus, Maria Santíssima e São José, meditemos sobre um aspecto deste mistério, isto é, a vinda dos três Reis Magos do Oriente para adorar ao Deus-Menino.

Na pessoa dos Reis Magos, Ele se revelou a todas as nações que, no futuro, seriam iluminadas pela luz da Fé.

Continue lendo “Meditação do Primeiro Sábado de janeiro 2019”

Visita ao Hospital São Luiz Gonzaga

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver caridade, sou como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine.” (I Corintios, 13, 1)

Ir. Felipe Lecaros, EP


Sacerdotes dos Arautos do Evangelho, Cooperadores e membros do Apostolado do Oratório visitaram, no dia de Natal, o Hospital São Luiz Gonzaga na zona norte de São Paulo, afim de levar conforto e consolação àqueles que sofrem. Veja como foi a visita no vídeo abaixo.

Continue lendo “Visita ao Hospital São Luiz Gonzaga”

Homens de boa vontade

“Glória a Deus no mais alto dos Céus e na terra paz aos homens de boa vontade” (Lucas, 2, 14)


Plínio Corrêa de Oliveira

Quando todos os homens reconhecem a majestade, a onipotência, a santidade, enfim, o acúmulo de todas as perfeições que há em Deus, no mais alto dos Céus, e O glorificam por isso, então nascem no coração dos homens aquelas boas disposições de espírito pelas quais eles se tornam homens de boa vontade.

Plinio Corrêa de Oliveira Revista Dr. Plinio, n. 213, Dezembro de 2015, pg. 4

Noite Silenciosa!

“Noite feliz, noite feliz. Ó senhor, Deus de amor. Pobrezinho nasceu em Belém. Eis na lapa, Jesus nosso bem. Dorme em paz, ó Jesus…”

 

Pe. Antônio Guerra, EP. Assistente Espiritual do Apostolado do Oratório

Assim começa o mais conhecido cântico de Natal da atualidade, composto originalmente em alemão e traduzido para incontáveis idiomas. É noite, noite fria, noite de inverno, noite silenciosa. Na cidade agora deserta, as poucas réstias de luz provêm do aconchegado interior das casas, filtradas por portas e janelas tão bem fechadas quanto possível à pobreza do lugar.

Continue lendo “Noite Silenciosa!”

O “Canto de Cisne” da humanidade

O Reino de Maria será como o “canto de cisne” da humanidade. Nesse Reino a sociedade temporal crescerá tanto em dignidade que os homens, ainda que vivendo nesta terra de exílio, serão semelhantes aos habitantes do Céu

Mons. João Scognamiglio Clá Dias, EP

É muito significativo o pensamento que nos sugere a Epístola de São Paulo a Tito: “a graça de Deus se manifestou trazendo salvação para todos os homens” (Tt 2,11) . Se, por um lado, é difícil formarmos uma ideia acertada da situação da humanidade antes da Encarnação do Verbo, por outro, basta ter experiência da ação da graça para conceber que, pelo simples fato de nascer, Nosso Senhor Jesus Cristo outorgou ao mundo um benefício incalculável.

Continue lendo “O “Canto de Cisne” da humanidade”