Lágrimas, milagroso aviso

Com a proximidade do Primeiro Sábado do mês, trazemos a nossos leitores um artigo de Dr. Plínio no jornal Folha de São Paulo no ano de 1972, onde comenta o extraordinário fato da lacrimação da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima em Nova Orleans, Estados Unidos. Já se faz bastante tempo, entretanto, suas palavras são de uma atualidade impressionante. Confira os detalhes deste milagre e os comentários de Dr. Plínio.

Continue lendo “Lágrimas, milagroso aviso”

Santa Maria Madalena: Aquela que muito amou

Por Padre Francisco Teixeira de Araújo, EP. A alma apaixonada desconhece o medo, não mede riscos. No Horto das Oliveiras, os Apóstolos fugiram apavorados. Madalena, bem ao contrário, foi à procura de seu Amado, e Ele veio ao seu encontro.

Pecadora! Por este e outros epítetos nada elogiosos se apontava em Jerusalém e adjacências Maria Madalena, mulher rica, de nobre estirpe, notável beleza e vida dissoluta.

Continue lendo “Santa Maria Madalena: Aquela que muito amou”

A mediação universal de Nossa Senhora

O meio para atingirmos a finalidade de nossas vidas é sermos devotos de Nossa Senhora. Ela é medianeira de todas as graças; todos os nossos pedidos vão a Jesus Cristo, Nosso Senhor, por meio d’Ela. Isso se exprime de um modo característico com um axioma da Teologia: um pedido feito a Deus por todos os anjos e santos, em conjunto, ao qual Nossa Senhora não se associe, não é atendido. Porém, se Ela pedir sozinha será atendida. ♦


Plínio Corrêa de Oliveira. Extraído de conferência de 28/10/1990)

Viver em Maria

Na parte final de sua obra, São Luís Grignion enumera algumas práticas piedosas, interiores e exteriores, que o devoto de Nossa Senhora deveria cultivar para se unir ainda mais a Ela. Segundo o autor, seriam meios pelos quais podemos “viver em Maria” e “fazer todas as ações por, com e em Maria”.

Plínio Corrêa de Oliveira

 

Aquela em quem o Altíssimo colocou sua glória suprema

Escreve São Luís:

O Espírito Santo, pela boca dos Santos Padres, chama também a Santíssima Virgem: 1º, a porta oriental, por onde o sumo sacerdote Jesus Cristo entra e vem ao mundo (cf. Ez 44, 2‑3); por ela entrou da primeira vez, e por ela virá da segunda; 2º, O santuário da Divindade, o reclinatório da Santíssima Trindade, o trono de Deus, a cidade de Deus, o altar de Deus, o templo de Deus, o mundo de Deus. Todos estes diferentes epítetos e louvores são verdadeiros em relação às diversas maravilhas e graças que o Altíssimo realizou em Maria. Oh! que riqueza! que glória! que prazer! que felicidade poder entrar e habitar em Maria, em quem o Altíssimo colocou o trono de sua glória suprema!

Continue lendo “Viver em Maria”