A santidade consiste na prática de todas as virtudes em grau heroico

Dominar-se a si mesmo a tal ponto de não cair em pecado, para ser fiel à virtude e nela crescer, estar disposto a fazer, a qualquer hora, um ato de heroísmo, é incomparavelmente mais duro do que ir para a Lua

Plínio Corrêa de Oliveira


O heroísmo de um santo é muito maior do que o de um grande herói num campo de batalha

O religioso que passa a vida inteira num convento, cumprindo a Regra na perfeição, pratica um verdadeiro heroísmo, pelo qual devemos ser transidos de admiração. Tanto isso é assim que existem muitos santos que não tiveram visões nem revelações, não operaram milagres em vida, e cuja santidade se verifica apenas pela conformidade heroica de seu procedimento com os preceitos e conselhos dados por Nosso Senhor Jesus Cristo.

O que é então a santidade? Não é apenas a posse habitual de todas as virtudes, mas é a prática dessas virtudes em grau heroico. Quer dizer, é o exercício dos hábitos bons de maneira a levá-los até o heroísmo. É um modo insigne de possuir a virtude.

Continue lendo “A santidade consiste na prática de todas as virtudes em grau heroico”

Paróquia Nossa Senhora das Graças dos Arautos do Evangelho

Você sabia que os Arautos, além de toda a evangelização que realizam pelo Brasil e mundo afora, também cuidam de uma paróquia, onde há 12 comunidades, sendo responsáveis pela assistência espiritual dos paroquianos,  bem como a manutenção e conservação dos imóveis? Veja no vídeo. 

 

Paróquia de Nossa Senhora das Graças, em Caieiras/SP, está a cargo dos Arautos do Evangelho. Um contínuo apostolado com os fiéis que residem no território dela: batizados, casamentos, primeiras comunhões, crismas, unção dos enfermos. As suas capelas são assistidas por padres arautos, que visitam com frequência as residências dos moradores, levando assistência espiritual. Na sua totalidade as capelas foram restauradas, para maior conforto dos paroquianos.

Este vídeo tem dois anos, portanto, os números apresentados já são maiores. Venha visitar. Agende aqui.

O Carisma dos Arautos do Evangelho. Quem aprovou?


Os franciscanos seguem o Cristo pobre, os dominicanos o Cristo mestre, e assim o faz cada família religiosa à sua maneira. É o mesmo Cristo e Senhor, porém, visto e amado com maior ênfase a partir de ângulos diversos. Com efeito, tal é a riqueza da santidade e da perfeição de Nosso Senhor que, para as espelhar, o Espírito Santo tem inspirado na Igreja um verdadeiro vitral dos mais diversos carismas


Cada um dos carismas brilha com uma rutilância própria e única, e o conjunto de todos eles reflete o desdobramento na História do sublime resplendor do Coração de Jesus.

Todos esses dons do Paráclito são objeto de reflexão teológica. Qual será a forma específica de seguir Nosso Senhor nos Arautos do Evangelho? Procurar-se-á aqui refletir sobre o modo específico desse carisma de imitar e seguir Aquele que diz de Si mesmo: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim” (Jo 14, 6).

Continue lendo “O Carisma dos Arautos do Evangelho. Quem aprovou?”

Santa Margarida Maria Alacoque e as promessas do Sagrado Coração de Jesus

A mensagem da qual Santa Margarida Maria Alacoque foi portadora mostraria à humanidade, de um modo nunca antes imaginado, a insondável intensidade do amor que Ele tem a cada um de nós. Acompanhe nesse breve vídeo quais as doze promessas do Sagrado Coração de Jesus

Ir. Carlos Eduardo, EP

 

Continue lendo “Santa Margarida Maria Alacoque e as promessas do Sagrado Coração de Jesus”

Bem Aventurados os pés que evangelizam!

Há exatos três anos falecia o nosso irmão de vocação, o Diácono Ricardo Zanatelli. Missionário da Cavalaria visitou lares, entregou oratórios, levando a presença de Nossa Senhora por onde passou e sempre irradiando uma alegria interior que só possui aqueles que têm a consciência tranquila e que vivem na graça de Deus

“Beati mortui qui in Domino moriuntur”. “Bem-aventurados os mortos que morrem no Senhor” (Apoc 12, 13). De fato, para aqueles que vivem na graça de Deus, a morte não consiste num desastre, mas numa passagem para a verdadeira vida. ♦

Continue lendo “Bem Aventurados os pés que evangelizam!”