A maior felicidade

Naquele tempo, 30 os Apóstolos reuniram-se com Jesus e contaram tudo o que haviam feito e ensinado. 31 Ele lhes disse: “Vinde sozinhos para um lugar deserto, e descansai um pouco”. Havia, de fato, tanta gente chegando e saindo que não tinham tempo nem para comer. 32 Então foram sozinhos, de barco, para um lugar deserto e afastado. 33 Muitos os viram partir e reconheceram que eram eles. Saindo de todas as cidades, correram a pé, e chegaram lá antes deles. 34 Ao desembarcar, Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor. Começou, pois, a ensinar-lhes muitas coisas (Mc 6, 30-34).

XVI Domingo Do Tempo Comum

No convívio nobre e elevado com os outros, ou no relacionamento
calmo, silencioso e sereno com Deus, encontra-se a maior
felicidade nesta Terra.

Por Mons. João S. Clá Dias, EP.

Os Apóstolos haviam sido mandados em missão, dois a dois, a diferentes lugares. Não há informação histórica sobre quanto durou esta separação entre eles, nem a respeito dos lugares percorridos. Bem se pode imaginar as energias físicas e emocionais que eles empregaram nesta primeira aventura apostólica.

Continue lendo “A maior felicidade”

Nunca nos relacionamos tanto; Nunca nos sentimos tão sozinhos

Relacionados como nunca na história dos homens, somos manipulados por um “cardápio” prático, atraente, avassalador, que nos estimula a estar hiperconectados, vivendo um presente fictício.

Por Padre Fernando Gioia, EP

“Menino, pare imediatamente de jogar videogame, já pedi três vezes!”, “Vamos tirar uma selfie!”, “Cuidado que vai dar de cara com alguém por ficar olhando o celular!”, “Vamos filmar o acidente!”,“ Pai, deixa o celular e olha para mim, por favor! ”, expressões comuns em casas, escritórios ou nas ruas.

Continue lendo “Nunca nos relacionamos tanto; Nunca nos sentimos tão sozinhos”

Nossa Senhora do Carmo, Fátima e os Arautos do Evangelho

A devoção dos Arautos do Evangelho à Virgem do Carmo é muito entranhada. Veja alguns fatos desta ligação:

– O encontro de seu fundador, Mons. João S. Clá Dias com seu mestre, modelo e guia, Plinio Corrêa de Oliveira, deu-se há exatos 65 anos na Basílica de Nossa Senhora do Carmo, em São Paulo, e ali estavam como que recolhidas as sementes de todos os frutos que mais tarde essa obra produziria. Na realidade, foi precisamente por essa união de corações que nasceram inúmeras iniciativas como, por exemplo, a instituição de um gérmen de vida comunitária, misto de contemplação e ação, ainda nos primórdios da entidade.

Continue lendo “Nossa Senhora do Carmo, Fátima e os Arautos do Evangelho”

Os Doze são enviados em missão

Naquele tempo, 7 Jesus chamou os Doze, e começou a enviá-los dois a dois, dando-lhes poder sobre os espíritos impuros. 8 Recomendou-lhes que não levassem nada para o caminho, a não ser um cajado; nem pão, nem sacola, nem dinheiro na cintura. 9 Mandou que andassem de sandálias e que não levassem duas túnicas. 10 E Jesus disse ainda: “Quando entrardes numa casa, ficai ali até vossa partida. 11 Se em algum lugar não vos receberem, nem quiserem vos escutar, quando sairdes, sacudi a poeira dos pés, como testemunho contra eles!” 12 Então os Doze partiram e pregaram que todos se convertessem. 13 Expulsavam muitos demônios e curavam numerosos doentes, ungindo-os com óleo (Mc 6, 7-13).

XV Domingo Do Tempo Comum

Jesus conferiu aos Apóstolos o poder de expulsar os espíritos imundos e o dom de curar os enfermos, para que os homens daquela época dessem crédito à mensagem do Evangelho. E em nossos dias, qual é a prova da autenticidade da Boa-nova que os evangelizadores devem apresentar ao mundo moderno?

Mons. João S. Clá Dias, EP

Antes de enviar os Apóstolos em missão, a pregar o Evangelho, Jesus dá-lhes preciosos conselhos que, embora possam parecer a alguns um tanto árduos de serem postos em prática, continuam inteiramente válidos, pois suas palavras permanecem para sempre.

Continue lendo “Os Doze são enviados em missão”

São Bento de Núrsia

Nesta quinta-feira, 11 de julho, a Igreja celebra a memória de São Bento, padroeiro da Europa e patriarca dos monges do Ocidente.

No início da Idade Média, São Bento, sendo ainda muito jovem retirou-se à gruta de Subiaco, onde passou a levar vida contemplativa. Fundou depois a Ordem beneditina a qual lhe deu grande número de filhos espirituais que se espalharam por diversas regiões, tornando-se o principal fator da conversão da Europa.

Continue lendo “São Bento de Núrsia”

A Devoção do Primeiro Sábado do Mês pelo Brasil

Diz a Escritura “Onde está o teu tesouro, aí também está teu coração” (Mt 6, 21). Os membros do Apostolado do Oratório, bem como todos os devotos da Santíssima Virgem também podem dizer: Onde está o Coração de Maria, aí está o nosso tesouro.

Veja fotos das cerimônias da Comunhão Reparadora dos Primeiros Sábados realizadas, como sempre, com muita devoção, seriedade e piedade pelos participantes do Oratório em suas paróquias e comunidades.

Continue lendo “A Devoção do Primeiro Sábado do Mês pelo Brasil”