200 pessoas se consagraram a Nossa Senhora em Salvador

A cerimônia foi realizada na Paróquia de Nossa Senhora do Resgate. Esta paróquia  foi fundada em 20 de janeiro de 1983.  A primitiva Capela de Nossa Senhora do Resgate foi construída no século 16, no atual bairro do Cabula

No dia 7 de julho cerca de 200 de pessoas fizeram um compromisso importante: se consagraram a Nossa Senhora pelo método de São Luís Maria Montfort, na paróquia Nossa Senhora do Regaste (Cabula). A formação dos novos consagrados foi realizada pelos Arautos do Evangelho. Confira o registro fotográfico desse dia especial! As fotos são de Adolfo Ferreira.

Fonte: http://arquidiocesesalvador.org.br/site/?p=48654

Veja também: Consagração e a verdadeira devoção à Santíssima Virgem

Publicado em Arautos do Evangelho, Atividades, Consagração, Espiritualidade, , Nossa Senhora, Nosso Senhor Jesus Cristo, Notícias, Tratado | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário

Meditação do Primeiro Sábado de Agosto 2017

 Assunção de Nossa Senhora
Penhor da nossa ressurreição

Introdução

 Ao celebrar a entrada de Maria no Céu em corpo e alma, a Igreja reconhece n’Ela a “mulher vestida de sol” (Ap. 12, 1), a Rainha que resplandece junto do trono de Deus e ali intercede pelos homens. Antes de partir deste mundo, Jesus nos prometeu: “Voltarei e levar-vos-ei comigo para que, onde Eu estiver, vós estejais também” (Jo 14, 3).

Ora, Maria é o penhor e o cumprimento dessa promessa de Cristo, e a sua Assunção torna-se para nós um sinal certo de esperança e de consolação.

I – PLENA DE GRAÇA E DE CARIDADE RUMO AO CÉU

Em 1950 o Papa Pio XII definiu a Assunção de Maria como dogma, ou seja, como verdade de Fé que deve ser aceita e acreditada por todo católico. A Santíssima Virgem, pois, no fim de sua vida foi acolhida por Deus no Céu “com corpo e alma” e coroada plena e definitivamente com a glória que o Senhor preparou para os seus Santos.

Assim como Ela foi a primeira a servir Cristo na Fé, é a primeira a participar na plenitude da glória d’Ele no Céu.

Clique aqui e tenha acesso ao texto completo da Meditação.

Publicado em A palavra do sacerdote, Artigos Arautos do Evangelho, Datas comemorativas, Espiritualidade, , meditação, Meditações, Monsenhor João Clá Dias, Nossa Senhora, Primeiros Sábados, primeiros sábados do mês, Verdades eternas | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário

Nossa Senhora nos lares

Levar a presença da Santíssima Virgem aos lares, nas famílias, nos corações. Eis a missão que os Arautos do Evangelho realizam através do Oratório do Imaculado Coração de Maria

Missão esta que foi recebida do Papa São João Paulo II. Foi com grande zelo por uma nova evangelização, que o Sumo Pontífice disse aos Arautos:

“Sede mensageiros do Evangelho, por intermédio do Coração Imaculado de Maria”

Papa João Paulo II recebendo Mons. João Clá, em audiência de 28.02.2001

Para esta missão os Arautos se dedicam dia a dia,  incansavelmente por todo o Brasil e mundo afora.

E contam para tanto com o apoio, a dedicação e o zelo de seus valorosos coordenadores.

Veja nas fotos a seguir, novos grupos de oratório que foram implantados recentemente em diversas regiões do país. E como não ver em tudo isso a realização das profecias do grande São Luiz Maria Grignion de Montfort em seu Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem:

“Nesses últimos tempos, Maria deve brilhar, como jamais brilhou, em misericórdia, em força e graça”. (…) Por meio de Maria, Deus Pai quer que aumente sempre o número de seus filhos, até a consumação dos séculos”.

Veja também:

Novos oratórios em Ruanda

Encontro do Apostolado do Oratório em Fatima, Portugal

Evangelização dos Oratórios no Oceano Índico

Canindé no Ceará acolhe a IV Romaria do Apostolado do Oratório

Publicado em Arautos do Evangelho, Atividades, Espiritualidade, Famílias do Oratório, , Missão, Monsenhor João Clá Dias, Nossa Senhora, Notícias, Oratório Países, Tratado, Verdades eternas | Com a tag , , , , , , , , , | Deixar um comentário

Santo Elias, Profeta

 “Verdadeiramente ígnea (incandescente) foi a sua mente, ígnea a sua palavra, ígnea a sua mão, com que converteu Israel”. Com tais palavras, Cornélio a Lápide, grande teólogo, qualifica o Profeta que foi arrebatado ao céu para voltar à Terra no fim do mundo

Santo Elias – Basílica do Carmo – São Paulo

Em 20 de julho a Igreja comemora a festa do grande Profeta Elias.

A Ordem do Carmo, a mais antiga comunidade religiosa consagrada de modo especial a Nossa Senhora, teve como berço o Monte Carmelo, e como pai espiritual o Profeta Elias (980 a.C.)

Por isso mesmo, Elias é considerado o primeiro devoto de Nossa Senhora, prestando culto à Mãe do Senhor, simbolizada pela nuvenzinha1, antes mesmo dEla nascer.

Veja abaixo os comentários do Prof. Plinio Correa de Oliveira sobre este personagem histórico, este santo, que ainda há de voltar à terra para cumprir plenamente sua missão.

O termo Carmo corresponde ao Monte Carmelo, no Oriente. Ali, segundo uma tradição muito respeitável – e há todos os motivos para admiti-la como verdadeira – o Profeta Elias reuniu um grupo de discípulos e com eles constituiu a Ordem do Carmo, em louvor da Virgem Mãe que deveria vir, e na espera d’Ela.

“Portanto, o primeiro filão de devoção a Nossa Senhora, séculos antes de Ela nascer, foi formado pelos filhos do Profeta Elias que A aguardavam”.

Na Basílica de São Pedro, no alto das paredes laterais, há uma série de imagens de Fundadores de Ordens Religiosas. E ali se encontra a de Santo Elias, com a inscrição: “A Ordem do Carmo ao seu Fundador, Elias Profeta – 1727”.

Profeta Elias, 1727, Agostino Cornacchini, Vaticano, Basílica de São Pedro

Em sua última aparição em Fátima, em 13 de outubro de 1917, a Mãe de Deus apresentou-se como Nossa Senhora do Carmo, querendo assim indicar que os autênticos devotos carmelitas – imbuídos do espírito de seu Fundador – desempenharão um grande papel nos acontecimentos futuros.

E Santo Elias terá a glória de lutar contra o Anticristo, pouco antes do fim do mundo, como profetizou Malaquias: “Vou mandar-vos o Profeta Elias, antes que venha o grande e temível dia do Senhor, e ele converterá o coração dos pais para os filhos, e o coração dos filhos para os pais, de sorte que não mais ferirei de interdito a Terra” (Ml 3, 23-24).

Entre outros significados, essas palavras se referem à conversão dos judeus no fim do mundo, também profetizada por São Paulo (cf. Rm 11, 25-32)2.

E sua glória se manifestou a eles

Devemos nos lembrar também de outro fato grandioso: Elias no Monte Tabor, no dia da Transfiguração.

Nosso Senhor Jesus Cristo vai Se transfigurando e sua glória interna vai se manifestando aos Apóstolos que não cabem em si de deslumbramento. Ao lado dEle duas figuras aparecem. Nosso Senhor, não contente de manifestar a sua grande glória, quis mostrá-la em dois servos eminentes, por Ele especialmente amados: Moisés e Elias.

Afresco – Fra Angelico – Transfiguração

Imaginemos todas as glórias que houve na História:

Os generais que obtiveram as vitórias mais brilhantes; os demagogos aclamados pelas multidões mais estrepitosas; os monarcas que receberam as homenagens mais reverentes; os sábios que tenham sido objeto de veneração dos homens mais ilustres e mais admirativos; os Santos diante dos quais se tenham dobrado as maiores multidões.

O que tudo isso representa em comparação com a glória de Elias ao lado de Nosso Senhor no Tabor?3

_________________________________

1 1 Reis 18:44
2 Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/79102-Fundador-da-Ordem-do-Carmo#ixzz4nIosrMuC
3 Trecho de artigo publicado na Revista Arautos do Evangelho, no. 148, ano 2010, pág. 15.
Publicado em Datas comemorativas, Espiritualidade, , Nossa Senhora, Nosso Senhor Jesus Cristo, Plinio Correa de Oliveira, Revista Arautos, Verdades eternas, Vida de Santos | Com a tag , , , | Deixar um comentário

A Virtude da Confiança

Vivemos num mundo em que os casos de ansiedade, depressão e demais enfermidades nervosas afligem a cada ano mais e mais pessoas. Entretanto, bastaria apenas a prática da virtude da confiança, para que muitos desses males se tornassem pequenos, ou até mesmo desaparecessem

Nossa Senhora da Confiança

“Sabe porque os consultórios de psiquiatras estão cheios? Porque os confessionários estão vazios.” (São João Paulo II).

“Procurai primeiramente o Reino de Deus e sua justiça, e tudo o mais vos será dado por acréscimo”.

Foi assim que o Salvador concluiu o discurso sobre a Providência. Conclusão consoladora, que encerra uma promessa condicional: de nós depende o sermos por ela beneficiados.

 O Senhor se ocupará tanto mais de nossos interesses, quanto nós com os dEle nos preocuparmos. Convém parar para meditarmos as palavras do Mestre. Uma questão logo se apresenta: onde se acha esse Reino de Deus que devemos procurar antes de tudo o mais?

Dentro de nós”, responde o Evangelho.

Procurar o Reino de Deus é, pois, levantar-Lhe um trono em nossa alma; é submetermo-nos inteiramente ao seu domínio soberano. Conservemos todas as nossas faculdades sob o cetro misericordioso do Altíssimo. Lembre-se a nossa inteligência da sua constante presença, conforme-se a nossa vontade em tudo com a sua vontade adorável, voe o nosso coração para Ele com frequencia, em atos de caridade ardente e sincera.

Teremos, então, praticado essa “justiça” que, na linguagem da Escritura, significa a perfeição da vida interior. Teremos seguido a risca o conselho do Mestre; teremos procurado o Reino de Deus.

“E o resto vos será dado por acréscimo”

Há aí uma espécie de contrato bilateral: do nosso lado trabalhamos para a glória do Pai Celeste; do seu lado o Pai se compromete a prover às nossas necessidades.

Lançai, pois, todas as vossas preocupações no Coração Divino; cumpri o contrato que Ele vos propõe; Ele cumprirá a palavra dada: velará sobre vós e vos sustentará.

Pensa em mim, diz o Salvador a Santa Catarina de Sena, e Eu pensarei em ti

Feliz o cristão que se conforma bem com essa máxima do Evangelho! Ele procura a Deus e Deus zela por seus interesses com a sua onipotência. O que lhe poderá faltar?*

Veja também: Eficaz oração de São Leão Magno contra o desânimo

________________________

* Texto extraído da obra “O Livro da Confiança“, Pe. Thomas de Saint-Laurent.
Publicado em A palavra do sacerdote, Espiritualidade, , Nossa Senhora, Nosso Senhor Jesus Cristo, Verdades eternas | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Nossa Senhora do Carmo

Em 16 de julho celebra-se a Festa de Nossa Senhora do Carmo, cujas primeiras devoções remontam a discípulos de Santo Elias por volta do ano 800 AC. Mas foi o Papa Papa Inocêncio IV em 1247, que aprovou a regra e a constituição da Ordem do Carmo

Paroquia dos Santos Mártires – Málaga, Espanha

A Ordem do Carmo é o símbolo da vida contemplativa, da busca incessante da graça de Deus. Carmelo em hebreu significa “pomar bem cultivado”, “jardim fértil” e “vinha de Deus”.

Em suas fileiras, ao longo dos séculos floresceram inúmeras almas santas, entre elas: São Simão Stock, Beato Francisco Palau, Santa Teresa de Ávila, São João da Cruz, Santa Terezinha do Menino Jesus, Santa Edith Stein, entre outros.

A tradição da Ordem põe nos lábios de São Simão Stock a autoria de uma linda oração à Virgem Maria. O texto mais antigo conhecido encontra-se no Officium rhythmicum, manuscrito guardado na biblioteca universitária de Cambridge e que foi escrito depois do ano de 1507.*

Esta oração é o Hino ‘Flos Carmeli’, atribuído, portanto, a São Simão Stock (1165-1265), o qual foi entoado originalmente pelos carmelitas para a festa desse santo e, desde 1663, para a Festa de Nossa Senhora do Monte Carmelo.

Fátima e a Ordem do Carmo

Neste de ano em que celebramos o centenário das Aparições de Fátima, lembramos que na última das aparições, em 13 de outubro, Nossa Senhora se mostrou como Nossa Senhora do Carmo**, conforme descrito pela Ir. Lúcia:

“(…)Junto ao sol apareceu a Sagrada Família: São José, com o Menino Jesus nos braços, e Nossa Senhora do Rosário. Traçando três vezes no ar uma cruz, São José abençoou o povo e o Menino Jesus fez o mesmo…Em seguida, apareceu Nossa Senhora do Carmo, coroada Rainha do Céu e do Universo, com o Menino Jesus ao colo.(…)”

A devoção dos Arautos do Evangelho à Virgem do Carmo é tão entranhada, que o nome dado à sua ordem clerical foi de Sociedade Clerical Virgo Flos Carmeli.

Vale a pena também lembrar que foi na Basílica do Carmo em São Paulo, no ano de 1967, que o fundador dos Arautos, Mons. João Scognamiglio Clá Dias, encontrou pela primeira vez a Dr. Plinio Corrêa de Oliveira, o qual foi seu mestre, orientador e formador de sua vocação e missão.

Recepção de hábito/escapulário de novos seminaristas dos Arautos

Eis algumas das razões que unem os Arautos à Ordem do Carmo e por isso são revestidos do Escapulário, além de promoverem sua devoção e seu uso.

Peçamos, nesta data tão importante que a Virgem do Carmo, Rainha do Céu e da terra, ouça nossas súplicas e realize o quanto antes sua promessa em Fátima:

“Por fim, o meu Imaculado Coração Triunfará!”

Acompanhe abaixo a letra e a melodia do belíssimo cântico, o ‘Flos Carmeli’.  

             

(clique na foto abaixo para ouvir)

Flor do Carmelo Vinha florida, esplendor do Céu, Virgem fecunda, és singular

Doce e bendita, ó Mãe puríssima, aos carmelitas, sê tu propícia, Estrela do Mar

Raiz de Jessé, de brotos floridos, queiras, feliz, ao céu pelos séculos nos elevar

Entre os abrolhos, viçoso lírio, guarda de escolhos, o frágil ânimo, Mãe tutelar

Forte armadura Frente o adversário, Na guerra dura, o escapulário vem nos guardar

Nas incertezas, conselho sábio; nas asperezas, consolo sólido queira nos dar

Veja também: Oração para alcançar o amor da Virgem do Carmo

_____________________

* http://carmeloemmissao.blogspot.com.br/2011/06/flos-carmeli-flor-do-carmelo.html
** MONS. jOÃO SCOGNAMIGLIO CLÁ DIAS, Por fim, o meu Imaculado Coração Triunfará. Instituto Lumen Sapientiae, São Paulo, 2017, cap. 7, pag. 76.
Publicado em Arautos do Evangelho, Datas comemorativas, Espiritualidade, , Hinos Marianos, Monsenhor João Clá Dias, Nossa Senhora, Plinio Correa de Oliveira, Verdades eternas, Vida de Santos | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário