Como se prepara uma Cerimônia de Devoção do Primeiro Sábado?

São centenas as paróquias onde o Apostolado do Oratório promove a devoção dos Primeiros Sábados, nas quais a Virgem Santíssima derrama suas graças abundantemente. Entretanto, os preparativos dessas cerimônias demandam muito esforço, dedicação e fervor. Para conhecermos melhor como são esses preparativos, trazemos aqui o depoimento de alguns de nossos coordenadores

Por Josiane Lazzarin, supervisora na Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus em Cascavel/PR

Em nossa paróquia, nos reunimos toda última quinta feira do mês, para organização da Comunhão Reparadora, liturgia e para troca de experiências com a passagem do oratório nas casas.

Apesar de muitas pessoas trabalharem e estudarem à noite, nosso grupo se reúne sempre. Nunca falhamos. Até mesmo algumas mães trazem seus filhos, mas fazem questão de participar. Distribuímos as funções da cerimônia com as coordenadoras presentes na reunião e procuramos convidar sempre mais pessoas, pois sabemos muito bem como Nossa Senhora quer que esta devoção seja feita pelo maior número possível de fiéis.

Um ponto importante que ressalto, é que sempre rezamos por todos aqueles que estão escalados para funções na cerimônia. Pedimos que Nossa Senhora olhe com especial atenção por estes, para que também tudo saia conforme o desejo da Mãe de Deus.

No dia do terço as famílias participantes dos grupos marcam presença. Entramos na igreja em procissão com os oratórios e com as capas laranja, símbolo do Apostolado do Oratório.

Padre Adriano

O nosso pároco, padre Adriano,  sempre que possível canta durante o terço (no início, no intervalo dos mistérios e no final, quando nos consagramos à Nossa Senhora).

Mesmo organizando tudo sempre temos uma ansiedade, como se o inimigo quisesse tirar nossa coragem, nos desanimar, etc. Mas rezamos e Nossa Senhora vem e nos fortalece.

Clique acima para baixar o texto da Meditação de julho

Por Liene Arminda de Oliveira, supervisora da Paróquia São Miguel Arcanjo, Riacho Fundo I, Brasilia/DF

Preparando para a devoção reparadora do Primeiro Sábado!

Somos no total um grupo de 43 oratórios. Nos reunimos na última quarta feira do mês na sala de reuniões da igreja ou na casa de uma de nós.  Primeiro rezamos o terço, fazemos uma chamada de presença e após ser redigida a Ata, lemos e aprovamos. Este momento é muito importante para registrar a presença e tudo o que tem ocorrido.  Tratamos das famílias que recebem os oratórios e qualquer problema tentamos resolver lá mesmo.

No sábado chegamos uma hora antes da missa. Preparamos o Oratório Base, (o grande que guarda os pequenos)  sentamos todas juntas, de uniformes e com as capas laranja.

Rezamos o terço, cada uma de nós um mistério. Fazemos a meditação que nos é enviada pelos Arautos. Na missa, entramos em procissão! Cada qual com o seu oratório na mão.  E também na missa, temos funções a cumprir na liturgia (comentários, salmos, leituras e preces).

É um  trabalho lindo que envolve toda a comunidade e para as famílias que recebem os oratórios, um conforto em meio a tantas tribulações.

Com a  presença dos oratórios nas casas acontecem verdadeiros milagres!  E muitos testemunhos de  conversão. Esses testemunhos, bem como as graças recebidas pelas famílias que recebem os oratórios, são lidos no final da missa. Sempre são muito comoventes e só se veem pessoas enxugando as lágrimas…

Vale registrar que com a ajuda dos Arautos que deram o Curso de Consagração a Virgem Maria, houve uma ocasião em que foram consagradas 550 pessoas no mesmo dia, num total já de 730 pessoas consagradas, todas registradas na paróquia.

Por Ana Maria de Souza, supervisora da Paróquia Santana em Posse/GO

 

Salve Maria! Nos reunimos toda última segunda feira do mês.

No primeiro momento fazemos a reza do Santo Terço, depois passamos a fala para cada coordenador sobre como está o acompanhamento às famílias (como anda o oratório, problemas nas famílias, como fazer para superar as dificuldades enfrentadas.

Falamos sobre problemas de saúde, dificuldades na circulação do oratório e até de famílias que estão precisando de ajuda financeira. Sobre esse ponto, em datas especiais  – no mês de Maria, aniversário do oratório, Natal, quaresma, entre outros – programamos um  gesto concreto, onde levamos alguma ajuda financeira ou em alimentos para algumas dessas famílias em necessidade.

No final, distribuímos as atividades do primeiro domingo* – organizar a igreja, ornamentar o andor, liturgia, etc. Encerramos com uma oração e a equipe da liturgia ainda permanece um pouco mais para os detalhes da liturgia.

Só tenho que testemunhar que toda essa atividade, apesar de exigir muito de todos nós, tem sido muito gratificante. Pois saber que estamos propagando e levando a mensagem da Mãe de Deus a tantos lares e as graças que são dadas a todas as famílias, compensam em muito todo o esforço.

“Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração”

As palavras da Santíssima Virgem em Fátima são mais atuais do que nunca.

Se você deseja praticar esta devoção, procure seu pároco para implantá-la em sua paróquia. Ou se preferir, pode fazê-la em casa com sua família. Veja aqui como proceder.

Que mais e mais almas atendam este pedido da Mãe de Deus e que se cumpram o quanto antes sua promessa:

“Por fim, o meu Imaculado Coração triunfará!”

______________________

*Também é permitido realizar essa devoção aos domingos, conforme revelação a irmã Lúcia: Na Vigília de 29 para 30 de maio de 1930, Nosso Senhor, falando à Irmã Lucia, resolveu ainda outra dificuldade: “Será igualmente aceita a prática desta devoção no domingo seguinte ao primeiro sábado, quando os meus sacerdotes, por justos motivos, assim o concederem às almas”. (cf. “Memórias e Cartas da Irmã Lucia”, p. 410).

Veja também: Mensagem de Mons. João Clá ao público presente na Catedral da Sé em São Paulo

Devoção do Primeiro Sábado pelo Brasil

Um novo sorriso foi posto nos lábios de Nossa Senhora no último fim de semana, com a realização da Cerimônia Reparadora do Primeiro Sábado em várias paróquias do Brasil

Graças ao entusiasmo, amor e dedicação de coordenadores, coordenadoras e famílias, em mais um mês, centenas de paróquias onde o Apostolado do Oratório está implantado reuniram-se aos pés da Santíssima Virgem para atender o pedido da Mãe de Deus realizando a Devoção do Primeiro Sábado.

Desta forma meditaram durante quinze minutos sobre um mistério do Rosário, rezaram um terço e comungaram em reparação às ofensas e pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.

Sem dúvida alguma, essa devoção, orações e fervor, não ficarão sem resposta do Céu, onde certamente Nossa Senhora recompensará a todos em particular, bem como a humanidade como um todo com graças especiais prometidas por Ela, com vistas a realização sua promessa:

“Por fim o meu Imaculado Coração Triunfará!”

Veja abaixo algumas fotos dessas cerimônias.

 Veja também: Como rezar bem o Rosário

Apostolado do Oratório em São Luis/MA

Desde de 2012 quando foram formados os primeiros grupos, as atividades de evangelização promovidas pelos coordenadores vem dando seus frutos. Vejamos o que nos conta o supervisor da cidade

Por Fred Boais, supervisor dos oratórios na Paróquia Sagrado Coração de Jesus do Bequimão, em São Luis do Maranhão

A fé sem as obras é morta (Tiago 2: 26)

“Para nós da Paróquia Sagrado Coração de Jesus têm sido uma benção todos esses anos de evangelização com o oratório de Nossa Senhora de Fátima. São tantas as graças que seria impossível contar tudo assim neste relato.

Padre Ricardo Moreira, Fred e sua esposa

Temos mantido a devoção dos Primeiros Sábados com boa participação dos membros dos grupos. Pouco a pouco foi surgindo a ideia de fazer mais para Nossa Senhora, de retribuir, de agradecer as graças recebidas e de levar o conforto espiritual a outras pessoas necessitadas.

Foi então que em 2016 criamos o Grupo “Maria na Família”. Eu já fazia visitas às casas antes com minha esposa, depois veio a ideia de criar o grupo. Nosso pároco, padre  Ricardo, nos apoia muito bem. Temos tido muitas solicitações para visitas com a Imagem e o oratório de Nossa Senhora de Fátima.

Nós nos reunimos toda primeira e terceira segunda-feira  de cada mês as 19h30 para orar e interceder por todos (as) e aqueles que nos pedem orações.

Fazemos visitas às famílias, asilos, orfanatos, hospitais e onde somos solicitados.

Viajamos também até pelo interior do estado. É sem dúvida uma missão muito gratificante e fortalecedora. Uma benção.

Espero que Nossa Senhora me dê sempre saúde para continuar levando a Ela por todos os lugares onde formos chamados. Peço oração de todos, pois quando rezamos, somos mais fortes.”

Veja também: Dezesseis anos de Apostolado do Oratório em Pinheiro/MA

Atendendo a um apelo de Nossa Senhora

“Olha, minha filha – disse-lhe a Virgem Maria – o meu Coração cercado de espinhos que os homens ingratos a todos os momentos Me cravam com blasfêmias e ingratidões. Tu, ao menos, vê de Me consolar”

Foi com essas palavras que Nossa Senhora em Fátima iniciou o pedido que faria aos pastorinhos e a toda humanidade. Continuou a Santíssima Virgem:

“E diga que todos aqueles que durante cinco meses, no primeiro sábado:

– se confessarem,
– receberem a sagrada comunhão,
– rezarem um terço e
– Me fizerem quinze minutos de companhia meditando nos mistérios do rosário com o fim de Me desagravar
– Eu prometo assisti-los na hora da morte com todas as graças necessárias para a salvação dessas almas.”

Primeiro Sábado na Catedral da Sé, SP

Foi assim que em sua Terceira Aparição, e mais tarde em 1925, que Nossa Senhora pediu claramente a “Comunhão Reparadora dos Cinco Primeiros Sábados”.

Devoção esta que contêm em si essa preciosa promessa da Mãe de Deus; a salvação eterna para todos que a fizessem.

Atendendo a este pedido da Ssma. Virgem, diversos grupos do Apostolado do Oratório vem promovendo, nas paróquias onde estão fixados, a prática desta devoção. Seguem abaixo fotos de algumas, dentre tantas paróquias, que realizaram neste último final de semana esta devoção.

Aproveitamos este momento para cumprimentar a todos esses grupos por seu esforço, dedicação, devoção e carinho em atender – muitas vezes vencendo alguns obstáculos – este pedido de Nossa Senhora. Desejamos ardentemente que a Virgem Santíssima os cumule de graças e bençãos e prepare a todos uma morada para cada um na mansão celeste.

Veja aqui como praticar a devoção dos primeiros sábados