Na Festa de Nossa Senhora Rainha, solene consagração à Mãe de Deus

A data escolhida para entregarem-se como escravos de amor à Santíssima Virgem não poderia ter sido melhor

Ir. Alcidio Miranda, EP

Na celebração da festa de Nossa Senhora Rainha um grupo de 25 fiéis da Paróquia Santo Afonso Maria de Ligório realizou a Solene Consagração a Nossa Senhora. A Santa Missa foi celebrada pelo Revmo. Padre Élio Vicente, dos Arautos do Evangelho.

Continue lendo “Na Festa de Nossa Senhora Rainha, solene consagração à Mãe de Deus”

Arautos do Evangelho: Esta é a “Consagração à Santíssima Virgem”, aberta a todos

O site ACI Stampa*, de Roma, publicou uma entrevista com o padre Carlos Werner, EP, tratando sobre a Consagração a Nossa Senhora

 

Cerimônia de Consagração a Nossa Senhora na Basílica dos Arautos de Evangelho em Caieiras/SP

Transcrevemos a seguir o artigo com a entrevista concedida pelo pe. Carlos Werner.

Em nossa sociedade tão secularizada, nota-se em muitas pessoas o desejo de aumentar sua devoção a Nossa Senhora. Para realizá-lo, os Arautos do Evangelho difundem amplamente a consagração à Santíssima Virgem como escravo de amor, segundo o conhecido método de São Luís Maria Grignion de Montfort. ACI Stampa aprofundou o assunto com o padre Carlos Werner, presidente da seção italiana dos Arautos do Evangelho.

Continue lendo “Arautos do Evangelho: Esta é a “Consagração à Santíssima Virgem”, aberta a todos”

O “Canto de Cisne” da humanidade

O Reino de Maria será como o “canto de cisne” da humanidade. Nesse Reino a sociedade temporal crescerá tanto em dignidade que os homens, ainda que vivendo nesta terra de exílio, serão semelhantes aos habitantes do Céu

Mons. João Scognamiglio Clá Dias, EP

É muito significativo o pensamento que nos sugere a Epístola de São Paulo a Tito: “a graça de Deus se manifestou trazendo salvação para todos os homens” (Tt 2,11) . Se, por um lado, é difícil formarmos uma ideia acertada da situação da humanidade antes da Encarnação do Verbo, por outro, basta ter experiência da ação da graça para conceber que, pelo simples fato de nascer, Nosso Senhor Jesus Cristo outorgou ao mundo um benefício incalculável.

Continue lendo “O “Canto de Cisne” da humanidade”