Pontificado consagrado a Nossa Senhora de Fátima

fatima.pt

fatima.pt

Fátima, Santarém, 11 abr 2013 (Ecclesia) – O pontificado do Papa vai ser consagrado a Nossa Senhora de Fátima a 13 de maio, no santuário da Cova da Iria, cumprindo o pedido que Francisco dirigiu ao cardeal-patriarca de Lisboa.

“O Papa Francisco pediu expressamente a D. José Policarpo, cardeal‑patriarca de Lisboa, que participou no conclave que o elegeu, para consagrar o seu ministério pastoral, como sucessor de Pedro, a Nossa Senhora de Fátima”, refere o comunicado final da assembleia plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), revelado hoje.

Os bispos participantes na reunião que decorreu em Fátima decidiram que a consagração vai ser feita por D. José Policarpo, também presidente da CEP, no âmbito da peregrinação internacional de 12 e 13 de maio ao santuário, presidida pelo arcebispo do Rio de Janeiro, D. Orani Tempesta.

O prelado adiantou esta tarde aos jornalistas que a consagração do pontificado compreende uma oração diante da imagem da Virgem Maria no final da principal missa da peregrinação, a celebrar na manhã de 13 de maio.

“O Papa Francisco pediu-me duas vezes que consagrasse o seu novo ministério a Nossa Senhora de Fátima. É mandato que posso cumprir no silêncio da oração. Mas seria belo que toda a Conferência Episcopal se associasse à realização deste pedido”, declarou D. José Policarpo no discurso de abertura da assembleia, esta segunda-feira.

O cardeal-patriarca convidou o Papa a visitar Portugal durante o encontro que Francisco teve com os membros do Colégio Cardinalício presentes no Vaticano, realizado no dia a seguir à eleição, 14 de março.

“Logo após o cumprimento final disse-lhe que nós gostaríamos muito de o receber”, referiu D. José Policarpo em conferência de imprensa que ocorreu naquela data.

Também o presidente da República convidou o Papa a visitar o país, tendo como pano de fundo o “centenário das aparições de Fátima”, em 2017.

“Como tinha pensado, disse ao Santo Padre que seria uma grande alegria para os portugueses que ele pudesse visitar Portugal”, afirmou Cavaco Silva num encontro com jornalistas realizado a 19 de março na embaixada portuguesa junto da Santa Sé, em Roma.

O bispo de Leiria-Fátima, diocese onde o santuário se localiza, convidou igualmente o Papa a visitar a Cova da Iria, através de telegrama enviado a 20 de março.

“Bispo e peregrinos da Diocese de Leiria-Fátima queremos exprimir-lhe a nossa profunda comunhão eclesial e o nosso caloroso afeto, dizer-lhe que, em Fátima, confiámos a sua Pessoa e o seu Ministério à proteção da Senhora de Fátima”, escreveu D. António Marto.

Depois de assinalar que o Santuário espera “com emoção” poder receber Francisco “como peregrino”, o prelado terminava a mensagem com uma saudação: “Desde já lhe damos as boas vindas: Bem-vindo Santo Padre Francisco!”.

A peregrinação internacional dos próximos dias 12 e 13 de maio decorre 96 anos após a primeira aparição da Virgem Maria a Lúcia e aos beatos Francisco e Jacinta, a 13 de maio de 1917.

RJM/OC/JCP

Comentar!

Sobre Apostolado do Oratório

Blog oficial do Apostolado do Oratório dos Arautos do Evangelho, Associação Internacional de Direito Pontifício.
Esta entrada foi publicada em Notícias, Papa e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta