Retiro em Campos do Jordão 1ª parte

Entre os dias 28 e 31 de janeiro do corrente ano, realizou-se na cidade de Campos do Jordão, no Estado de São Paulo, um retiro espiritual para Supervisores e famílias do Apostolado do Oratório.

A casa de retiros escolhida foi a Vila Dom Bosco, dos padres Salesianos; um lugar muito acolhedor, em meio à bela vegetação das montanhas.

001002004005006009010011011a012013013a014015018019020021

O trabalho, os afazeres, as diversas responsabilidades e o “corre-corre” da vida cotidiana, muitas vezes nos leva, sem que notemos, a acostumarmos com um regime de vida voltado para o material, para o prático, e com isso, vamos, pouco a pouco, esquecendo da  parte essencial de nossa vida: o lado espiritual.

O cansaço pode ter suas raízes em um esgotamento espiritual. Sentimos que algo nos falta, que nos pesa, e por mais que reservemos alguns dias de nossa semana em descansar, curiosamente, não sentimos o cansaço passar inteiramente.

O que nos falta?

Um “descanso espiritual”! E esse descanso só é verdadeiramente “descanso” quando ele nos ajuda a reatar, a fortificar os nossos laços com Deus. Portanto, quanto mais voltemos os nossos olhos para Deus, quanto mais O coloquemos no centro de nossas vidas, estaremos adquirindo vigor espiritual que nos ajudará a enfrentar as dificuldades da vida com muito mais acerto.

Mediante isso, os Arautos do Evangelho não poderiam oferecer melhor presente aos Supervisores do Apostolado do Oratório, do que convidá-los a um retiro espiritual.

O que é um retiro espiritual?

O próprio nome já o diz: RETIRO. Nos retiramos do dia-a-dia. Nos recolhemos em um lugar, afastados das atividades cotidianas, deixando na porta de entrada, os problemas que nos afligem, as dificuldades, enfim, tudo aquilo que nos pesa, e entramos em um regime onde estaremos dedicados a meditar em temas que nos são importantíssimos para a nossa salvação eterna, e analisarmos como está a nossa vida; como está o nosso relacionamento com Deus, e assim, re-organizarmos nossa vida diária com propósitos firmes de emenda nos pontos débeis que encontrarmos durante as meditações.

Entretanto… alguém poderá dizer: “Vejo que as pessoas que participam de um retiro mudam muito; isso é apenas fruto de um esforço pessoal?”  

Retiro 292O pregador do retiro – geralmente um sacerdote – esforça-se em preparar o retiro: dedica-se especialmente à oração, estuda, procura exemplos para ilustrar a doutrina que será exposta nas reuniões; durante as mesmas, com um cuidado que lembra Jesus no Evangelho, exorta os retirantes a melhorar, a deixar de lado tal apego, tal defeito, ensinando-os como remédio, o caminho que conduz à salvação: Nosso Senhor Jesus Cristo!

 

Sagrado Coração de JesusNosso Senhor Jesus Cristo! Por detrás do pregador, está o Divino Mestre, que inunda as almas com suas graças místicas. Ele é o grande pregador que está junto a cada retirante para comunicar-lhe forças, e incutir-lhe confiança. Para dar-se a cada um na Sagrada Eucaristía, durante a Santa Missa; para escutar a cada um e absolvê-los de seus pecados no momento da confissão. E, velando, intercedendo e pedindo constatemente por cada um, a Mãe de Jesus, María Santíssima.

Aqui está uma pequena descrição do que é um retiro. Pareceu-nos necessário fazer essa explicação pois, ao ver as fotografias do retiro,ela ajudará o leitor a compreender como foram esses abençoados dias na Vila Dom Bosco, em Campos do Jordão.

Esse é o primeiro post sobre o retiro. Ainda serão colocados outros posts para ilustrar esse dias vividos na Vila Dom Bosco.

Nosso e-mail: [email protected]

Sobre Apostolado do Oratório

Blog oficial do Apostolado do Oratório dos Arautos do Evangelho, Associação Internacional de Direito Pontifício.
Esta entrada foi publicada em Especial Retiro, Sede do Apostolado do Oratório/SP e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta