Bento XVI: Ano da Fé deverá ser um «verdadeiro momento de graça» para a Igreja

Cidade do Vaticano, 11 set (Ecclesia) – Bento XVI desafia os cristãos a fazerem do Ano da Fé, com início marcado para 11 de outubro, uma ocasião de comunhão e de crescimento numa entrega inabalável a Deus, à imagem de Maria.

Numa nota publicada pela sala de imprensa da Santa Sé, o Papa sublinha a importância de transformar a celebração num “verdadeiro momento de graça”, com a ajuda da Mãe de Deus, “farol luminoso e modelo de plenitude e maturidade cristã”.

A comemoração do Ano da Fé, convocada pela Igreja Católica para ajudar os fiéis a viverem “com maior empenho e coerência” a sua “vocação de filhos de Deus”, coincide com a passagem do 50º aniversário da realização do Concílio Vaticano II (1962-1965).

Bento XVI teve a oportunidade de participar na última grande reunião das autoridades eclesiásticas, que contribuiu decisivamente para a afirmação de Nossa Senhora enquanto ponto de referência para a Igreja.

Durante a reunião conciliar, um dos principais pontos em debate foi “a figura e o papel da Virgem Maria na história da salvação”.

Segundo o Papa, um grupo de padres queria que a matéria fosse tratada dentro da Constituição Dogmática sobre a Igreja, enquanto outro grupo defendia a elaboração de um documento à parte, mais aprofundado.

A primeira opção acabou por prevalecer e a Constituição Lumen Gentium (Luz dos Povos) foi completada com um capítulo sobre Maria enquanto “geradora do Filho de Deus, filha predileta do Pai e sacrário do Espirito Santo”.

“Certamente, o texto conciliar não esgota todas as problemáticas relativas à figura da Mãe de Deus, mas constitui o horizonte hermenêutico essencial para qualquer reflexão, seja de caráter teológico, seja de caráter mais estritamente espiritual e pastoral”, destaca Bento XVI.

O Papa deixou estas notas pessoais sobre o Ano da Fé, o Concílio Vaticano II e Nossa Senhora durante uma audiência concedida a cerca de 350 participantes do 23º Congresso Mariológico Mariano Internacional, que terminou este domingo em Roma.

O Ano da Fé vai concluir-se a 24 de novembro de 2013 e assinala também o 20.º aniversário da publicação do Catecismo da Igreja Católica.

JCP – Agência Ecclesia

Lançamento de novos Oratórios em Joinville – SC

Abaixo relatório da Sra. Ana Maria Tschá Rech, supervisora do Apostolado do Oratório na paróquia de São José Operário, em Joinville (SC).

Salve Maria!

Segue algumas fotos do momento em que os Oratórios de Nossa Senhora acolhem a Palavra de Deus que é entronizada; a exemplo de Maria Santíssima, a primeira a acolher o “Verbo” que se encarnou e nos Salvou.

Tivemos a graça de mais duas coordenadoras receberem os Oratórios, por meio da benção de nosso pároco, o Padre Jorge Luiz da Silva.

Deus Trino, por meio de Maria Santíssima, nos abençoe. Amém.

Ana Maria Tschá Rech – Supervisora

Fotos da IV Romaria Nacional do Apostolado do Oratório em Aparecida – Parte II

Flashes da Missa na Basílica de Nossa Senhora Aparecida por ocasião da IV Romaria Nacional do Apostolado do Oratório em Aparecida do Norte.

Envio do Oratório dos Arautos do Evangelho em Armação de Búzios – RJ

Relato enviado pela Sra. Denisia Oliver – Coordenadora do Apostolado do Oratório em Armação de Búzios (RJ):

Salve Maria!

No dia 09 de agosto, aqui na Paróquia de Sant’Anna e Santa Rita de Cássia, em Armação dos Búzios (RJ), houve a entrega do Oratório de Nossa Senhora do Rosário de Fátima. A cerimônia contou com a presença do revmo. Pe. Lourenço Ferronatto E.P, que presidiu a Celebração da Santa Missa.

As famílias que já recebem o Oratório marcaram presença com muito entusiasmo. Em breve, mais 2 novos grupos de Oratório serão formados. Também marcaram presença os membros da Pastoral da Família, Catequese e outros movimentos da Paróquia. O coral das crianças da catequese animou a Santa Missa com suas belas vozes.

Que Nossa Senhora derrame muitas graças sobre todas as famílias e sobre o Apostolado do Oratório.

Denisia

Clique nas imagens para ampliá-las!