O “Testamento” de Santa Bernadette Soubirous

Bernadette morreu aos 35 anos. Seu corpo foi exumado três vezes no espaço de 46 anos, por causa do seu processo de canonização. Para grande surpresa de todos, o seu corpo estava intacto, apesar do seu rosário já estar enferrujado e o seu hábito em decomposição

Os médicos que pela primeira vez a exumaram, tiveram outra grande surpresa ao encontrar o seu fígado incorrupto, pois este é um dos primeiros órgãos que se decompõem… Também intactos estavam os seus dentes e as suas unhas. Além disso, depois de tantos anos da sua morte,  em seu corpo o sangue ainda continua líquido. Por esta razão a Igreja autorizou pô-la em uma urna de cristal em Nevers, exposta à veneração dos peregrinos. Santa Bernadette, nasceu no dia 7 de janeiro de 1844.

Marie Bernardette Soubirous, aquela que viu e conversou com a Virgem Maria em Lourdes, estando próxima de sua morte, ela contempla seu passado de miséria e de fome. Logo depois, pensa nos desprezos e injustiças que sofreu. Por último, medita sobre o abandono e a incompreensão que sempre a acompanhou.

Este é o seu: “Testamento Espiritual”.

“Pela pobreza de meu pai e pela ruína do moinho, pelas ovelhas doentes, graças vos dou, Senhor. Pelos meninos acudidos, pelas ovelhas que tomáveis conta, graças vos dou, Senhor! Graças, ó meu Deus, pelo Procurador, pelo comissário, pelos policiais, pelas duras palavras de Dom Peyramale. Por aqueles dias em que Vós me aparecestes, ó Virgem Maria. E por aqueles dias em que Vós não aparecestes. Eu não vos saberia agradecer de outra maneira a não ser agradecendo-vos no Paraíso.

Pelas bofetadas recebidas, pelos debiques, pelas injúrias e pelos ultrajes. Por aqueles que me mandaram prender como louca. Pela cólera que tiveram contra mim, por aqueles que me tomaram como interesseira… graças vos dou, Senhora! Pela ortografia que eu jamais consegui aprender, pela memória que eu jamais tive. Pela minha ignorância e por toda a minha estupidez, graças vos dou, Senhora!

Eu vos dou Graças, muitas graças porque se houvesse sobre a terra uma menina mais ignorante e mais estúpida do que eu Vós a teríeis escolhido para aparecer.

Graças por ter me dessedentado de amarguras a esse coração por demais tenro que Vós me destes. Pelos sarcasmos da madre mestra de noviças, por sua voz dura, pelas injustiças, pelas ironias, pelo pão da humilhação, muito obrigado! Graças por ter sido aquela privilegiada de ofensas, de quem as irmãs diziam: ‘Que sorte não ser como Bernadette!

Graças por ter sido a Bernadette ameaçada de prisão porque tinha visto a Virgem Maria. Olhada pelas pessoas como um animal raro.

Por esse corpo miserável que Vós me destes. Pelas minhas carnes em putrefação, pelos meus ossos com cáries, pelos meus suores, pela minha febre, pelas minhas dores surdas e agudas. Graças ó meu Deus! E por esse anseio que Vós me destes para o deserto da aridez interior. Pela vossa noite e pelos vossos relâmpagos, pelos vossos silêncios, mais uma vez, graças por tudo! Por Vós ausente e presente, graças, ó Jesus”.

Veja também: O corpo incorrupto de Santa Bernadette Soubirous

Comemoração do 97º aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima na Paróquia de Camalaú, Diocese de Campina Grande (PB)

Mensagem de nossa coordenadora na diocese de Campina Grande, na Paraíba, Sra. Maria Anunciada de Queiroz Silva, ao Pe. Lourenço Ferronatto sobre a comemoração da primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima na paróquia de São José.

Reverendíssimo Pe Lourenço Ferronatto, EP
Salve Maria!
 
Comunico-lhe que no dia 13 de maio fizemos a comemoração do 97º aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima.
 
Como sempre, fizemos tudo de forma simples, em virtude de não dispormos de recursos financeiros o suficiente para honrarmos a nossa querida Mãe Santíssima, conforme Ela o merece. Entretanto, tudo foi feito com muito amor e devoção.
 
Primeiro fizemos a procissão luminosa, saindo da casa de uma participante, com uma salva de tiros de fogos de artifícios, anjinhos, pastorinhos e duas crianças conduzindo um Terço, em forma de aceitação do pedido que a Virgem de Fátima fez, dizendo: “Rezai o Terço todos os dias”.

Em seguida, ao chegar à igreja, mais uma vez foi feita uma queima de fogos, ao som do cântico “A treze de maio”, para dar-se o início da Missa de Ação de Graças, celebrada na Paróquia de São José, diocese de Campina Grande (PB), pelo Rvmo. Pe. Severino Albino da Silva, às 19h30.

Escolhemos algumas fotos, conforme cada atividade vivenciada, as quais serão enviadas através do Facebook. Anexo apenas quatro fotos aceitas para inserção.

Rogando a Nossa Senhora que nos conceda muitas bênçãos e graças, despeço-me pedindo a sua bênção sacerdotal.

Cordialmente,

Maria Anunciada de Queiroz Silva
Coordenadora

Fotos de Maria Anunciada de Queiroz Silva:

Comentar!

Veja também: Noventa e sete anos das aparições de Nossa Senhora em Fátima

Envio de novos Oratórios no Rio de Janeiro

dsh_5385

Durante a Tarde de Louvor com Maria, realizada na Paróquia São Lourenço e Nossa Senhora de Fátima, no bairro Bangu na zona norte do Rio de Janeiro, foi feito o envio de mais dois Oratórios.

O pároco, Padre Marcelo Batista Araújo, com a colaboração do Conselho do Apostolado do Oratório existente na paróquia, promoveu este evento que terminou com a Santa Missa e Procissão Luminosa.

A Tarde de Louvor com Maria contou com uma palestra sobre “A devoção a Nossa Senhora e o Apostolado do Oratório no contexto do Ano da Fé”. A banda dos Arautos animou o programa com uma apresentação musical que foi acompanhada com grande entusiasmo. Logo em seguida, houve a bênção da imposição de escapulários para cerca de 350 pessoas que receberam este sacramental com muita piedade.

A Santa Missa foi celebrada pelo Padre Lourenço Ferronatto, EP., e concelebrada pelo pároco, Padre Marcelo, que no final coroou a Imagem de Nossa Senhora e dirigiu palavras de agradecimento aos Arautos e a todos que trabalharam pela realização deste evento mariano.

Abaixo slides do evento:

Fotos: Arautos do Evangelho

Comentar!

Encontro de coordenadores do Apostolado do Oratório e mensageiros de Fátima no RJ

Dia 24 de junho de 2012 realizou-se o Encontro de Coordenadores do Apostolado do Oratório e Mensageiros de Fátima na histórica Igreja Nossa Senhora do Carmo, antiga catedral do Rio de Janeiro. Houve Missa celebrada pelo Pe. Lourenço Ferronatto, coordenador da Campanha Salvai-me Rainha de Fátima, e concelebrada pelo pároco, Pe. Jayme Henrique de Araújo Oliveira.  A imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima foi solenemente coroada. Além da compenetrada participação do público, o evento contou com a presença das ordens primeira e segunda dos Arautos do Evangelho, bem como dos cooperadores.

Veja abaixo as fotos do evento!