Cristo é sinal de contradição, para se revelarem os segredos dos corações

Mons. João Clá Dias Fundador dos Arautos do Evangelho

“Eis que este Menino está destinado a ser uma causa de queda e de soerguimento para muitos homens em Israel e a ser um sinal de contradição” (Lc. 2, 34).

“A Apresentação”, afresco de Giotto na Capela degli Scrovegni, Pádua (ltália)

No primeiro livro de suas homilias (hom. 15, De purificatione Beatae Mariae: PL 94, 79-83), São Beda, o Venerável, assim se expressa: “Com júbilo ouvem-se essas palavras, que exprimem haver sido destinado o Senhor a conseguir a ressurreição universal, conforme o que Ele mesmo disse: ‘Eu sou a ressurreição e a vida; o que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá’ (Jo 11, 25).

“Mas quão terríveis soam aquelas outras palavras: Eis que este Menino está destinado a ser uma causa de queda! “Verdadeiramente infeliz aquele que, depois de haver visto sua luz, fica, sem embargo, cego pela névoa dos vícios… porque, segundo o Apóstolo (2 Pd. 2, 21), ‘melhor fora não terem conhecido o caminho da justiça, do que, depois de tê-lo conhecido, tornarem atrás, abandonando a lei que lhes foi ensinada’.

“Contradizem-No os judeus e gentios, e, o que é mais grave, os cristãos que, professando interior mente o Salvador, desmentem-No com suas ações.” “…a fim de serem revelados os pensamentos de muitos corações” (Lc 2, 35).

Continua São Beda: “Antes da Encarnação, estavam ocultos muitos pensamentos, mas uma vez nascido na terra o Rei dos céus, o mundo se alegrou, enquanto Herodes ‘se perturbava e com ele toda Jerusalém’.

“Quando Jesus pregava e prodigalizava seus milagres, enchiam-se as turbas de temor e glorificavam o Deus de Israel; mas os fariseus e escribas acolhiam com raivosas palavras quantos ditos procediam dos lábios do Senhor e quantas obras realizava. Quando Deus padecia na cruz, riam com alegria nécia os ímpios, e choravam com amargura os piedosos; mas, quando ressuscitou dentre os mortos e subiu aos céus, mudou-se em tristeza a alegria dos maus, e se converteu em gozo a pena dos amigos…” (S. Beda: ut supra).

Ainda hoje e até o Juízo Final, os cristãos, outros Cristos, são “sinais de contradição” e, em função deles, revelar-se-ão os pensamentos escondidos nos corações de muitos.

Maria, corredentora, e o amor às nossas cruzes

A Virgem de Macarena, Sevilha,Espanha / Foto: Arautos do Evangelho

“E uma espada transpassará tua alma” (Lc 2, 35) . Maria é corredentora do gênero humano. Essa profecia de Simeão, Ela já a conhecia. Mais ainda, estaria gravada em seu espírito até a ressurreição de Jesus. Ela é a Rainha dos Mártires e, desde a Anunciação, sofreria com Cristo, por Cristo e em Cristo.

Nós somos convidados neste trecho do Evangelho a dar um caráter de holocausto às dores que nos forem permitidas pela Providência. Tenhamos amor às cruzes que nos cabem, unindo-nos a Jesus e a Maria nessa grandiosa cena da apresentação.

Trecho do artigo: A apresentação do Menino Jesus e a Purificação de Maria Virgem – Revista Arautos do Evangelho, nº 2 – fevereiro de 2002.

Comentar!

Por ocasião da Quaresma, oração à Virgem das Lágrimas

photo credit: il Bambino III via photopin cc

Virgem das Lágrimas, olhai com maternal bondade a dor do mundo. Enxugai as lágrimas dos sofredores, dos esquecidos, dos desesperados, das vítimas de qualquer violência. Obtende para todos lágrimas de contrição e de vida nova, que abram os corações ao dom regenerador do amor de Deus. Obtende para todos lágrimas de alegria, depois de verem a profunda ternura do vosso Coração.

(São João Paulo II, Homilia de 6/11/1994.)

Comentar!

Veja também: Oração a Nossa Senhora do Bom Conselho

Papa: “Luz de Jesus traz alegria e preenche nossos corações”

photo credit: [] Carlos Guevara [] via photopin cc

Cidade do Vaticano, 13 dez 2013 (RV) – Ao meio dia desta sexta-feira, 13, o Papa recebeu na Sala Clementina cerca de 350 pessoas que vieram em peregrinação da Baviera, acompanhando a árvore de Natal doada pela região ao Vaticano e colocada no centro da Praça São Pedro.

A delegação alemã é composta pelo Prefeito da cidade de Waldmünchen, que ofereceu a árvore, autoridades civis da região e os bispos de Regensburg e Plze?, diocese confinante na República Checa.

A árvore permanece ao lado do presépio durante todo o período das festas de Natal, quando é admirada por milhares de romanos, peregrinos e turistas de todo o mundo. Além dela, a Baviera doou este ano vários outros pinheiros menores que foram distribuídos em todo o território do Estado vaticano.

“Com estes dons, tão apreciados, vocês manifestam a proximidade espiritual e a amizade que unem toda a Alemanha à Santa Sé, na tradição cristã que fecundou a cultura, a literatura e a arte de sua nação e da Europa inteira. Com minhas orações, acompanho o caminho de suas comunidades cristãs e de todo o povo alemão”.

Francisco colheu a ocasião para fazer seus votos de paz no Natal do Senhor:

“A luz que envolveu os pastores em Belém continua a dissipar as trevas do erro e do pecado, trazendo à Humanidade a alegria e o esplendor da luz divina, da qual a árvore é um símbolo. Deixemo-nos envolver pela luz de sua verdade para que a alegria do Evangelho preencha o coração e toda a vida de quem encontrar Jesus”, concluiu o Papa. (CM)

Rádio Vaticano

Comentar!

Veja também: Dez minutos de um angélico concerto

Convite para a “Tarde com Maria” na cidade de Joinville (SC)

Neste mês de junho, os Arautos do Evangelho realizarão uma “Tarde com Maria” na cidade de Joinville e para esse evento gostaria de contar com a sua presença.

Na “Tarde com Maria” estará presente a bela imagem de Nossa Senhora de Fátima e contará também com sacerdotes arautos, que estarão à disposição de todos os participantes. O Coro e Banda dos Arautos do Evangelho animará a Santa Missa e fará uma apresentação musical.

Para a “Tarde com Maria” estão convidados todos os coordenadores e participantes do nosso Apostolado. Será uma oportunidade única de estar com Maria, Mãe das mães; Rainha do Santo Rosário; Rainha dos corações!

Venha com toda a sua família. Convide também seus parentes e amigos.

Em Jesus e Maria

Pe. Antônio Guerra de Oliveira Junior
Assistente Espiritual

PROGRAMAÇÃO
PARÓQUIA SÃO JOSÉ OPERÁRIO

Sábado – 8 de junho de 2013

Local: Igreja Matriz de São José Operário
Rua Independência, 896 – bairro Anita Garibaldi.

• 15 h – Acolhida da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima
• Palestra: A devoção a Nossa Senhora e o Apostolado do Oratório no contexto do Ano da Fé
• Apresentação musical: Coro e Banda dos Arautos do Evangelho
• Imposição de Escapulários
• Intervalo com lanche comunitário para o público
• 19h30min – Missa com solene coroação da Imagem de Nossa Senhora de Fátima
•  Procissão luminosa logo após a Missa.
•  Bênção final ao chegar à igreja.

* * *

Haverá padres à disposição do público para confissões durante todo o evento.

Sou feliz por ser católica!

Uma das atividades apostólicas dos Arautos do Evangelho consiste em levar a imagem do Imaculado Coração de Maria de casa em casa; atividade essa conhecida como Missão Mariana.

004005

Os pedidos para essa Missão são vários! Os Arautos entram em contato com o Pároco que deseja realizar a Missão Mariana em sua comunidade. Logo, um grupo dos Arautos do Evangelho visita a Paróquia e percorrem as ruas tocando, porta por porta, e perguntando quem gostaria de receber a visita de Nossa Senhora.

001003

Cada porta que se abre, é uma história nova que se conhece: haverá alegrias e agradecimentos a Nossa Senhora pelos favores concedidos; em outras, haverá apreensões, dúvidas, sofrimentos… mas, em todas as casas que abrem as portas para Nossa Senhora, há uma graça, uma alegria que invade os corações convindando-os a abrirem-se para o Imaculado Coração de Maria, e a lembrança desta visita é uma semente que fica germinando nos corações, e os frutos, podemos conhecer com muita alegria, quando nossos amigos nos escrevem para relatar o que passou durante e depois da visita.

Veremos na carta que publicamos hoje, o quanto o bem é eminentemente difusivo. A família que recebeu Nossa Senhora fica feliz, e deseja ir com Nossa Senhora pelas ruas, afim de transmitir a outros a felicidade que recebeu ao abrir as portas para Nossa Senhora…

Sra. M.A.V.
Rio de Janeiro – RJ

Só Deus sabe quanto estávamos precisando desta visita de vocês. Sou feliz por ser católica! Queria dizer para vocês, Arautos, que a minha maior alegria foi o dia em que vocês chegaram na minha casa. Eu e meus familiares não esperávamos esta visita, e os rapazes chegaram tocando a trombeta e com a imagem da Mãe do meu Jesus. Foi grande a minha felicidade. Que presença espiritual Divina do céu! Harmonia, amor e paz de Jesus e Maria.

A minha filha Adalgisa, que é coordenadora do Oratório do Imaculado Coração de Maria, está cada dia mais feliz. Nós católicos, precisamos mostar o valor que é passar pelas ruas, apresentando a Nossa Senhora no Oratório.