Boletim Informativo maio/junho 2017

O boletim de maio e junho já está disponível. Na página 2, Monsenhor João Clá, EP, fundador dos Arautos do Evangelho trata sobre o que a humanidade mais necessita nos dias de hoje. Veja abaixo:

Ao mesmo tempo em que comemoramos o centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima, o horizonte se obscurece em razão das muitas crises em curso, as quais não apenas ocupam o noticiário, mas interferem cada vez mais em nossas próprias vidas.

Logo de início, as guerras parecem não ter fim e o terrorismo internacional é uma ameaça difícil de ser debelada. Um problema bem mais antigo é o da crescente criminalidade, não mais restrita a países como o Brasil, mas já se alastrando até para países desenvolvidos. Noutra linha encontramos as advertências sobre o aquecimento global e outras matérias relacionadas com a degradação do meio ambiente

Muito mais grave é a crise moral. Esta assume diferentes características, mas no fundo é sempre a mesma. Vemo-la refletida, por exemplo, no comportamento de uma juventude sem valores, sem freios e sem ideais; no domínio de modas extravagantes e sem pudor; na avalanche publicitária de pornografia e de violência; na corrupção que parece tomar conta da vida pública; enfim, na adoração do pior dos ídolos modernos: o próprio indivíduo, egoísta, relativista e vaidoso.

Na atualidade, nem mesmo a inocência da infância é respeitada, e a família cristã, base de nossa civilização, parece destinada a desaparecer, ou a ficar reduzida a uma expressão tão diminuta que equivale à extinção…

Continue lendo “Boletim Informativo maio/junho 2017”

Um pedido da Virgem Maria

Há várias ações e iniciativas que homens e mulheres podem fazer para promover o bem e a paz nas suas vidas, na sociedade e no mundo. Mas há uma em especial que está ao alcance de todos, grandes ou pequenos, ricos ou pobres. E esta foi ditada pela própria Mãe de Deus.

Em 1917, em Fátima, Portugal, Nossa Senhora se manifestou em seis ocasiões para trazer sua mensagem anunciando grandes castigos mas, também, grandes meios de salvação.

Em cinco das seis aparições da Virgem, Ela pediu a humanidade que rezasse o terço todos os dias para alcançar a paz. Transcrevemos suas palavras na terceira aparição de 13 de julho:

Continue lendo “Um pedido da Virgem Maria”

Santuário de Nossa Senhora de Fátima em Portugal

Em sua última aparição em outubro de 1917, a Virgem Mãe disse aos pastorinhos para construírem uma capela em sua honra naquele local das aparições

Veja abaixo trecho do diálogo da Irmã Lucia com Nossa Senhora.

“Dia 13 de Outubro de 1917 – Saímos de casa bastante cedo, contando com as demoras do caminho. O povo era em massa. A chuva, torrencial. Minha Mãe, temendo que fosse aquele o último dia da minha vida, com o coração retalhado pela incerteza do que iria acontecer, quis acompanhar-me.

Pelo caminho, as cenas do mês passado, mais numerosas e comovedoras. Nem a lamaceira dos caminhos impedia essa gente de se ajoelhar na atitude mais humilde e suplicante.

Chegados à Cova de Iria, junto da carrasqueira, levada por um movimento interior, pedi ao povo que fechasse os guarda-chuvas para rezarmos o terço. Pouco depois, vimos o reflexo da luz e, em seguida, Nossa Senhora sobre a carrasqueira.

– Que é que Vossemecê me quer?

– Quero dizer-te que façam aqui uma capela em Minha honra, que sou a Senhora do Rosário, que continuem sempre a rezar o terço todos os dias. A guerra vai acabar e os militares voltarão em breve para suas casas.  (…)

Anualmente mais de cinco milhões de peregrinos acorrem ao Santuário para aos pés da “Senhora do Rosário”, a Virgem de Fátima, pedir suas graças, sua proteção, agradecer seus favores e manifestar todo seu carinho e amor filial.

O número de peregrinos certamente aumentará muito neste ano, no qual será celebrado o centenário das Aparições. Após cem anos, a mensagem, os avisos e os pedidos da Mãe de Deus nunca estiveram tão atuais.

O Santuário de Fátima também já comunicou irá assinalar a 19 e 20 de fevereiro a festa litúrgica dos Beatos Francisco e Jacinta Marto.

Francisco (1908-1919) e Jacinta Marto (1910-1920), foram beatificados a 13 de maio de 2000 pelo Papa João Paulo II, numa celebração que levou milhares de pessoas ao Santuário de Fátima.

Ambos serão os mais jovens beatos não-mártires da Igreja Católica.

Veja também: 300 anos de Aparecida e 100 anos de Fátima

Rosário: verdadeiro tesouro de bençãos inapreciáveis

NSRosarioA Santa Igreja celebra no dia 7 de outubro a festa de Nossa Senhora do Rosário, instituída pelo Papa São Pio V com o intuito de manifestar de maneira jubilosa a gratidão da Igreja militante para com a Santíssima Virgem Maria, cuja solícita intercessão foi que determinou a vitória da causa Católica na batalha de Lepanto.

O Rosário ocupa um lugar privilegiadíssimo na história da piedade Católica porque une o fiel a Nossa Senhora atraindo toda sorte de graças celestiais, ademais de afugentar o demônio.

Sendo um excelente meio de venerar a Santa Mãe de Deus, é incalculável a torrente de bençãos que através da recitação do Rosário os católicos no mundo inteiro obtiveram de tão boa Mãe. Neste sentido vemos inúmeros Papas e Santos que não se cansam de elogiá-lo. A própria Santíssima Virgem aparecendo a São Domingos, entregou-lhe o Rosário. De modo particular, nas aparições de Fátima em Portugal no ano de 1917, recomendou ao homens com insistência, a recitação diária do Terço.

Peçamos com todo empenho de um modo especial neste 7 de Outubro a graça de nunca nos separarmos do Terço, sabendo que embora rezado por almas frágeis, o Rosário é a prece dos fortes.

Veja também: Os benefícios do Rosário

Benefícios do Rosário

Em todas as aparições de Nossa Senhora, em Fátima, Ela recomendou aos três pastorinhos a recitação do terço como meio de conseguir a paz, acabar com a guerra e alcançar a salvação.

Missa Solene no Santuário de Aparecida em 2014
Missa Solene no Santuário de Aparecida em 2014

Em Aparecida, na VII Peregrinação Nacional do Apostolado do Oratório, a programação do sábado, 08 de agosto, terá como ponto central a celebração da Santa Missa, precedida da recitação do terço diante da Tribuna Bento XVI. Enquanto momento preparatório para este dia e, com o desejo de que recitemos com fervor cada vez maior o Santo Rosário,  citamos as palavras de São Luís Maria Grignion de Montfort sobre os benefícios da prática frequente da recitação do Rosário:

1) Eleva-nos ao conhecimento perfeito de Jesus Cristo;
2) Purifica nossas almas do pecado;
3) Faz-nos vitoriosos contra todos os nossos inimigos;
4) Torna-nos fácil a prática das virtudes;
5) Abrasa-nos no amor de Jesus Cristo;
6) Enriquece-nos de graças e de méritos;
7) Fornece-nos com o que pagar todas as nossas dívidas com Deus e com os homens;
8) Por fim, faz-nos obter de Deus toda espécie de graças.

Recitação do terço
Recitação do terço

A propósito da riqueza espiritual desta oração mariana, São João Paulo II afirmou em 2002: ” O Rosário, através dos 20 mistérios, é um compêndio do Evangelho, já que é uma das modalidades tradicionais da oração cristã orientada à contemplação do rosto de Cristo”.

20140809-DSD_0334
Recitação do terço diante da Tribuna Bento XVI