Lágrimas, milagroso aviso

O misterioso pranto nos mostra a Virgem de Fátima a chorar sobre o mundo contemporâneo, como outrora Nosso Senhor Jesus Cristo chorou sobre Jerusalém. Lágrimas de afeto terníssimo, lágrimas de dor profunda, na previsão do castigo que virá

Lacrimação de 1972 em Nova Orleans

No já longínquo ano de 1972, nos Estados Unidos, na cidade de Nova Orleans, uma Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima chorou, derramando abundantes lágrimas de Mãe.

Na ocasião, mais precisamente no dia 06 de Agosto de 1972, o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, Mestre do Fundador dos Arautos do Evangelho, publicou um artigo na Folha de São Paulo, sob o mesmo título que inserimos acima, comentando o ocorrido e, estabelecendo uma magnífica correlação entre as lágrimas de Nossa Senhora e o cumprimento das Profecias de Fátima.

Assim se expressou Dr. Plinio:

“Os antecedentes do fato são conhecidos. No ano de 1917, Lúcia, Jacinta e Francisco tiveram várias visões de Nossa Senhora em Fátima. A autenticidade dessas visões foi confirmada por vários prodígios no sol, atestados por toda uma multidão reunida enquanto a Virgem se manifestava às três crianças

Em termos genéricos, Nossa Senhora incumbiu os pequenos pastores de comunicar ao mundo que estava profundamente desgostosa com a impiedade e a corrupção dos homens. Se estes não se emendassem, viria um terrível castigo, que faria desaparecer várias nações. A Rússia difundiria seus erros por toda a parte. O Santo Padre teria muito que sofrer.

O castigo só seria obviado se os homens se convertessem, se fosse consagrada a Rússia e o Mundo ao Imaculado Coração de Maria e se se fizesse a Comunhão reparadora dos primeiros sábados de cada mês (…)

O misterioso pranto nos mostra a Virgem de Fátima a chorar sobre o mundo contemporâneo, como outrora Nosso Senhor chorou sobre Jerusalém. Lágrimas de afeto terníssimo, lágrimas de dor profunda, na previsão do castigo que virá.

Virá para os homens do século XX, se não renunciarem à impiedade e à corrupção. Se não lutarem especialmente contra a autodemolição da Igreja, a maldita fumaça de Satanás, que no dizer do próprio Paulo VI, penetrou no recinto sagrado. (…)

Mas, dirá alguém, esta não é uma meditação própria para um domingo. – Não é preferível  – pergunto – ler hoje este artigo sobre a suave manifestação da profética melancolia de nossa Mãe, a suportar os dias de amargura trágica que, a não nos emendarmos, terão que vir?

Se vierem, tenho por lógico que haverá neles, pelo menos, uma misericórdia especial para os que, em sua vida pessoal, tenham tomado a sério o milagroso aviso de Maria

É para que minhas leitoras, meus leitores, se beneficiem dessa misericórdia, que lhes ofereço o presente artigo…”(1)

Passados quase 50 anos daquela extraordinária lacrimação de Nossa Senhora, sem que a humanidade tivesse se esforçado para buscar a conversão, ao contrário, tendo se afundado ainda mais num mar de pecados, eis que a Mãe de Deus se manifesta, novamente, a seus filhos.

Com efeito, a Agência de Notícias Gaudium Press informa que, “recentemente, no dia 25 de abril p.p, na Casa de Formação dos Arautos do Evangelho, em S. José Pinula, nas proximidades da cidade da Guatemala, dos olhos virginais de uma Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima correram abundantes lágrimas.

Lacrimação de agora, 2018

De si, o fato já é completamente extraordinário.

E se tivesse ficado por aqui, já seria suficiente para comover o coração de qualquer fiel. Mas os sinais do Céu não pararam. Também em San José, da Costa Rica, na Casa dos Arautos do Evangelho, se repetia idêntico fenômeno.

Uma imagem peregrina começara a verter abundantes lágrimas.

Uma extraordinária lacrimação ocorreu também num quadro da Mãe do Bom Conselho no dia 26 de abril, celebração da sua festa litúrgica, também na Costa Rica, na casa dos Arautos do Evangelho, e na Guatemala uma imagem de São José verteu copiosas lágrimas.

Na Espanha, foi uma pequenina imagem de Nossa Senhora de Fátima, adquirida no Santuário de Fátima, em Portugal, por uma menina que frequentava os programas de formação do ramo feminino dos Arautos de Evangelho, que durante a viagem de regresso verteu lágrimas de sangue.

Lacrimação de 2018

No total, são já 11 imagens que derramaram lágrimas em abundância”.

Estes fatos extraordinários são a prova irrefutável do Amor e da Misericórdia  de Maria Santíssima para com seus filhos!

E nós? Ficaremos indiferentes? Não nos esforçaremos para desagravar o Imaculado Coração de Maria por tantos pecados cometidos?

Veja também: A humanidade ouviu os apelos de Fátima?

_____________________

(1) Plinio Corrêa de Oliveira. Lágrimas, milagroso aviso. In Folha de São Paulo, 06/08/1972.

Sobre Apostolado do Oratório

Blog oficial do Apostolado do Oratório dos Arautos do Evangelho, Associação Internacional de Direito Pontifício.
Esta entrada foi publicada em Espiritualidade, Fátima, , Nossa Senhora, Nosso Senhor Jesus Cristo, Notícias, Orações, Verdades eternas, Vida de Santos e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta