Festa de Nossa Senhora do Carmo

Necessária lição de confiança

Nesta grande festa da Igreja, Dr. Plinio nos recorda a misericordiosa intervenção de Nossa Senhora em favor da Ordem carmelitana a qual, a partir daquela data, refloresceu, expandiu-se e acentuou por todo o orbe católico a devoção à Santíssima Virgem 1

Corria o ano de 1251 numa Europa toda católica e cheia de fé. Nesse continente, os frades do Carmo começaram a vaguear como membros de uma Ordem quase desconhecida, mal-admirada e à beira do desaparecimento. Assemelhava-se então a um tronco seco e velho, fadado a se desmanchar em pó.

Era o instante esperado por Nossa Senhora para fazer desabrochar, no alto da ressecada vara, uma flor: São Simão Stock. Esse inglês de reconhecida virtude, eleito para o cargo de Geral da Ordem, dirigiu fervorosas preces à Santíssima Virgem, implorando-Lhe não permitisse a extinção da estirpe carmelitana. E a Mãe de Deus não tardou em socorrer seu bom servo.

No dia 16 de julho daquele ano, aparece Ela a São Simão e lhe entrega o Escapulário do Carmo, “como sinal distintivo daquela confraria e selo do privilégio que obteve para todos os Carmelitas”. E prometeu: “O que com ele morrer, não padecerá o fogo eterno. Este é um sinal de salvação, uma salvaguarda nos perigos e prenda de paz e de aliança eternas.”

Continue lendo “Festa de Nossa Senhora do Carmo”

Nossa Senhora do Carmo

Em 16 de julho celebra-se a Festa de Nossa Senhora do Carmo, cujas primeiras devoções remontam a discípulos de Santo Elias por volta do ano 800 AC. Mas foi o Papa Papa Inocêncio IV em 1247, que aprovou a regra e a constituição da Ordem do Carmo

Paroquia dos Santos Mártires – Málaga, Espanha

A Ordem do Carmo é o símbolo da vida contemplativa, da busca incessante da graça de Deus. Carmelo em hebreu significa “pomar bem cultivado”, “jardim fértil” e “vinha de Deus”.

Em suas fileiras, ao longo dos séculos floresceram inúmeras almas santas, entre elas: São Simão Stock, Beato Francisco Palau, Santa Teresa de Ávila, São João da Cruz, Santa Terezinha do Menino Jesus, Santa Edith Stein, entre outros.

A tradição da Ordem põe nos lábios de São Simão Stock a autoria de uma linda oração à Virgem Maria. O texto mais antigo conhecido encontra-se no Officium rhythmicum, manuscrito guardado na biblioteca universitária de Cambridge e que foi escrito depois do ano de 1507.*

Esta oração é o Hino ‘Flos Carmeli’, atribuído, portanto, a São Simão Stock (1165-1265), o qual foi entoado originalmente pelos carmelitas para a festa desse santo e, desde 1663, para a Festa de Nossa Senhora do Monte Carmelo.

Fátima e a Ordem do Carmo

Há pouco celebramos o centenário das Aparições de Fátima. Lembramos que na última das aparições, em 13 de outubro, Nossa Senhora se mostrou como Nossa Senhora do Carmo**, conforme descrito pela Ir. Lúcia:

“(…)Junto ao sol apareceu a Sagrada Família: São José, com o Menino Jesus nos braços, e Nossa Senhora do Rosário. Traçando três vezes no ar uma cruz, São José abençoou o povo e o Menino Jesus fez o mesmo…Em seguida, apareceu Nossa Senhora do Carmo, coroada Rainha do Céu e do Universo, com o Menino Jesus ao colo.(…)”

A devoção dos Arautos do Evangelho à Virgem do Carmo é tão entranhada, que o nome dado à sua ordem clerical foi de Sociedade Clerical Virgo Flos Carmeli.

Vale a pena também lembrar que foi na Basílica do Carmo em São Paulo, no ano de 1967, que o fundador dos Arautos, Mons. João Scognamiglio Clá Dias, encontrou pela primeira vez a Dr. Plinio Corrêa de Oliveira, o qual foi seu mestre, orientador e formador de sua vocação e missão.

Recepção de hábito/escapulário de novos seminaristas dos Arautos

Eis algumas das razões que unem os Arautos à Ordem do Carmo e por isso são revestidos do Escapulário, além de promoverem sua devoção e seu uso.

Peçamos, nesta data tão importante que a Virgem do Carmo, Rainha do Céu e da terra, ouça nossas súplicas e realize o quanto antes sua promessa em Fátima:

“Por fim, o meu Imaculado Coração Triunfará!”

Acompanhe abaixo a letra e a melodia do belíssimo cântico, o ‘Flos Carmeli’.  

             

(clique abaixo para ouvir)

Flor do Carmelo Vinha florida, esplendor do Céu, Virgem fecunda, és singular

Doce e bendita, ó Mãe puríssima, aos carmelitas, sê tu propícia, Estrela do Mar

Raiz de Jessé, de brotos floridos, queiras, feliz, ao céu pelos séculos nos elevar

Entre os abrolhos, viçoso lírio, guarda de escolhos, o frágil ânimo, Mãe tutelar

Forte armadura Frente o adversário, Na guerra dura, o escapulário vem nos guardar

Nas incertezas, conselho sábio; nas asperezas, consolo sólido queira nos dar

Veja também: Oração para alcançar o amor da Virgem do Carmo

_____________________

* http://carmeloemmissao.blogspot.com.br/2011/06/flos-carmeli-flor-do-carmelo.html
** MONS. jOÃO SCOGNAMIGLIO CLÁ DIAS, Por fim, o meu Imaculado Coração Triunfará. Instituto Lumen Sapientiae, São Paulo, 2017, cap. 7, pag. 76.

Oração para alcançar o amor da Santíssima Virgem do Carmo

Ó Nossa Senhora do Carmo, Maria Santíssima! Vós sois a criatura mais nobre, mais sublime, mais pura, mais bela e mais santa de todas. Ó, se todos a conhecessem, Senhora e Mãe minha, se todos a amassem como Vós mereceis! Porém meu consolo é que tantas almas ditosas no Céu e na Terra vivem enamoradas de vossa bondade e beleza.

E me alegro mais porque Deus ama a Vós mais que a todos os homens e anjos juntos. Rainha minha amabilíssima, eu, miserável pecador, também a amo, porém a amo pouco em comparação do que Vós mereceis; quero, pois, um amor maior e mais terno para convosco, e isto Vós haveis de me alcançar, já que Vos amar e levar vosso Santo Escapulário é um sinal de predestinação para a glória e uma graça que Deus não concede senão àqueles que, eficazmente, Ele quer salvar. Vós, pois, que tudo alcançais de Deus, obtenha-me esta graça: que meu coração arda em vosso amor, conforme o afeto que Vós me mostrais; que a ame como verdadeiro filho, já que Vós me amais com o amor mais terno de Mãe, para que, unindo-me com Vós pelo amor aqui na Terra, não me separe de Vós depois na eternidade. Amém.

Comentar!

Veja também: Oração para pedir uma graça especial

A “Cidade Canção” cantou um novo hino…

Por Cícero Sobreira de Sousa

No último fim de semana de outubro, os Arautos do Evangelho realizaram na cidade de Maringá (PR) um encontro com os participantes do Apostolado do Oratório e Mensageiros de Fátima. A “Cidade Canção” cantou um novo hino, hino de fé e adesão aos princípios da Religião.

A Tarde de Louvor com Maria aconteceu na Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, no bairro Jardim Itália. Vinte e uma paróquias de quatro cidades da região estavam representadas no evento.

Um vasto e bem preparado programa cobriu os vários aspectos de um acontecimento religioso, formativo e cultural, com a participação de casais cooperadores dos Arautos de Maringá, Astorga e São Paulo.

Abrindo a agenda, os presentes ouviram, com viva atenção, a palestra de um arauto desenvolvendo o tema: A devoção a Nossa Senhora e o Apostolado do Oratório no contexto do Ano da Fé. A exposição concluiu com os assistentes aclamando: “Tudo com Jesus, nada sem Maria!”

maringa201316

Logo após, a banda dos Arautos do Evangelho fez uma apresentação musical que encheu de alegria o vasto ambiente do moderno templo, mas, sobretudo, os corações dos presentes que aplaudiam e ovacionavam de contentamento.

Tarde com Maria-Maringa

Um suculento lanche partilhado pelos Cooperadores dos Arautos proporcionou momentos de alegre convívio ao grande número de adultos, jovens e crianças presentes.

Depois, num rito simples, com a breve explicação sobre a história e os benefícios do escapulário do Carmo, os fiéis foram agraciados com a imposição desse sacramental.

Tarde com Maria-Maringa

Mas o ponto alto da tarde, que entrou pela noite, foi a solene Celebração da Eucaristia pelo Revmo. padre arauto, Roberto Takeshi Kyota, e diaconado pelos diáconos paroquianos Bento Chinaglia e Oscar José dos Santos. O enorme templo estava lotado!

Antes de concluir a celebração, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, sob a invocação de Seu Imaculado Coração, foi coroada pelo casal Shiguemassa e Cleusa Iamasaki, distinguidos entre os pioneiros do Apostolado do Oratório em Maringá.

Tarde com Maria-MaringaConcluindo o evento, a concorrida procissão iluminada por uma feeria de tochas e velas pelas ruas da paróquia, levou ao ar as piedosas orações do Rosário, entremeadas pelos vivas! e os hinos religiosos do povo da cidade musical.

Mede-se o valor de um acontecimento pelas reações dos que o assistem. Aqui não foram os que assistiram, mas os que, efetivamente, estavam engajados e participativos: “Faz tempo que eu não venho a uma procissão. Mas a esta eu quis vir, e estou feliz por ter vindo”, disse um senhor. “A palestra valeu, valeu! Fez claros muitos pontos”; “Que Missa linda!”; “Que bonita procissão!” “Foi tudo uma bênção!”. Essas foram exclamações que se ouviam de muitos lábios.

No afã de ajudar aos seus irmãos e irmãs na fé, os Arautos do Evangelho movimentam-se para semelhantes eventos ainda este ano, e já agora começam a preparar a agenda do próximo, sob o olhar e a proteção da Mãe comum de todos os Cristãos.

Tudo com Jesus, nada sem Maria!!!          

As fotos abaixo ilustram o memorável acontecimento:

Comentar!

Veja também: Apostolado do Oratório em Herculândia (SP)

Vigário promove visita de um grupo do Oratório à Basílica dos Arautos do Evangelho

Interior da Basílica Nossa Senhora do Rosário

No dia 5 do corrente mês, o Padre Valdenilson Pedro de Barros, vigário da Igreja Matriz Nossa Senhora da Escada, na cidade de Guararema (SP), levou um grupo de paroquianos pertencente ao  Apostolado do Oratório para conhecerem a Basílica Nossa Senhora do Rosário, em Caieiras.

Os peregrinos puderam assistir à Missa celebrada pelo Padre Leonardo Barrasas, EP e concelebrada pelo Padre Valdenilson, que após a Eucaristia fez a imposição do Escapulário de Nossa Senhora do Carmo para todos os peregrinos.

Segundo a Sra. Maria Adilia, supervisora dos Oratórios em Guararema, a beleza da Igreja e a carinhosa acolhida são elementos convidativos para próximas visitas.

Igreja Nossa Senhora do Rosário

Pelas mãos sagradas de Sua Eminência Reverendíssima, o Cardeal Franc Rodé, CM, Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, foi dedicada – no dia 24  de fevereiro  de 2008 – a Igreja Nossa Senhora do  Rosário, no  Seminário dos Arautos do Evangelho, localizado em Caieiras, diocese de Bragança Paulista.

Em Breve Apostólico, datado de 21 de abril de 2012, Sua Santidade, o Papa Bento XVI, elevou o templo à categoria de Basílica Menor.

Abaixo fotos do evento:

Fotos: Liene Arminda de Oliveira

Comentar!

Veja também: Flashes da 5ª Peregrinação Nacional a Aparecida do Norte