Jesus morre na Cruz

Chegou por fim o ápice de todas as dores. É um ápice tão alto, que se envolve nas nuvens do mistério. Os padecimentos físicos atingiram seu extremo. Os sofrimentos morais alcançaram seu auge.

Um outro tormento deveria ser o cume de tão inexprimível dor: “Meu Deus, meu Deus, por que Me abandonastes?” De um certo modo misterioso, o próprio Verbo Encarnado foi afligido pela tortura espiritual do abandono, em que a alma não tem consolações de Deus.

E tal foi este tormento, que Ele, de quem os Evangelistas não registraram uma só palavra de dor, proferiu aquele brado lancinante:

“Meu Deus, meu Deus, por que Me abandonastes?” Sim, por quê? Por que, se era Ele a própria inocência? Abandono terrível, seguido da morte e da perturbação de toda a natureza.

O sol se velou. O Céu perdeu seu esplendor. A Terra estremeceu. O véu do Templo de rasgou. A desolação cobriu todo o universo.

Por quê? Para remir o homem. Para destruir o pecado. Para abrir as portas do Céu. O ápice do sofrimento foi o ápice da vitória. Estava morta a morte. A Terra purificada era como um grande campo desbastado, para que sobre ela se edificasse a Igreja.

Tudo isto foi, pois, para salvar. Salvar os homens. Salvar este homem que sou eu. Minha salvação custou todo este preço. E eu não regatearei mais sacrifício algum para assegurar salvação tão preciosa. Pela água e pelo Sangue que verteram de vosso divino Lado, pela Chaga de vosso Coração, pelas dores de Maria Santíssima, Jesus, dai-me forças para me desapegar das pessoas, das coisas que me possam distanciar de Vós.

Morram hoje, pregadas na Cruz, todas as amizades, todos os afetos, todas as ambições, todos os deleites que de Vós me separavam.

__________
Plinio Corrêa de Oliveira – Via Sacra – 1951

VII Romaria do Apostolado do Oratório a Canindé/CE

O maior santuário franciscano das Américas recebeu neste mês de agosto a VII Romaria do Apostolado do Oratório

 

Pela sétima vez, no domingo 26 de agosto, recebeu Canindé, cidade do sertão semiárido cearense, a romaria anual do Apostolado do Oratório, uma ação missionária de iniciativa dos Arautos do Evangelho que promove a evangelização das famílias através da devoção ao Imaculado Coração de Maria.

A programação da VII Romaria à Basílica de São Francisco das Chagas teve início logo pela manhã com procissão dos Oratórios do Imaculado Coração de Maria conduzidos por seus coordenadores.

A procissão partiu da Igreja Nossa Senhora das Dores até à Basílica por estreitas ruas que ligam os dois templos religiosos, tendo a frente a força juvenil de membros do Projeto Futuro e Vida, dos Arautos do Evangelho, com seus instrumentos musicais entoando hinos marianos e eucarísticos.

Cooperadores dos Arautos do Evangelho; Coordenadores de oratórios, participantes e familiares do Apostolado do Oratório e um grande número de simpatizantes formavam um belo cortejo tendo ao centro a imagem peregrina da Virgem de Fátima.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entusiasmados, os peregrinos partiram de seus lugares de origem ainda nos primeiros raios da manhã daquele domingo e com mesma alegria foram acolhidos pelas calorosas palavras de boas-vindas dirigidas pelo Reitor do Santuário de São Francisco das Chagas, Frei Marconi Lins, OFM aos romeiros do Apostolado do Oratório.

Pelas mãos deste filho de São Francisco a Santíssima Virgem, representada na piedosa imagem peregrina do Imaculado Coração de Maria, foi coroada antes da celebração eucarística, cativando a todos os fiéis com seu olhar maternal de Mãe, enchendo-os de esperanças que Ela os atenda misericordiosa suas súplicas.

Assim, neste ambiente de tantas graças, toda a família de almas dos Arautos do Evangelho ali presente se formou na entrada da Basílica-Santuário para o cortejo que deu início à santa Missa celebrada pelo sacerdote arauto Pe. Célio Casale, EP.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Proveniente da capital paulista, Padre Casale pôde conferir de perto a piedade e o calor humano do povo cearense, procedendo após a missa, à bênção dos objetos religiosos adquiridos pelos peregrinos que se deslocaram ao Santuário de São Francisco das Chagas.

Dando prosseguimento ao cumprimento do programa estabelecido, os peregrinos se dirigiram para o refeitório do Centro de Treinamento Franciscano da paróquia onde se encontraram para um animado e concorrido almoço.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois de alimentados espiritual e corporalmente, os romeiros descansaram, conversaram e se descontraíram por um bom tempo. Tempo este suficiente para recompor as energias e continuarem a programação da tarde que constou de visita ao Mosteiro do Santíssimo Sacramento, das Irmãs Clarissas onde se realizou a segunda missa celebrada por outro sacerdote arauto, Pe David Francisco. EP

Este slideshow necessita de JavaScript.

 Na capela lotada daquele mosteiro foi realizada a imposição de escapulários em boa parte dos romeiros do Apostolado do Oratório que antes de partirem para suas cidades de origem se despediram de Canindé passando pelo monumento de São Francisco de Assis erguido em honra ao fundador da Ordem Franciscana.

Fonte: Arautos de Fortaleza

Canindé, no Ceará, recebe Romaria do Apostolado do Oratório

Mensagem do Sr. Francisco Guarany, ao Secretariado do Apostolado do Oratório, sobre a 3ª Romaria ao Santuário de São Francisco das Chagas, em Canindé (CE).

O Apostolado do Oratório dos Arautos do Evangelho em Fortaleza (CE) promoveram no dia 24/8/2014 a 3ª Romaria ao Santuário de São Francisco das Chagas, em Canindé (CE), situado no sertão cearense.

Peregrinos provenientes de diversas Paróquias de Fortaleza e municípios vizinhos formaram uma caravana que lotou a Basílica de São Francisco, onde foi celebrada a primeira Missa do dia.

À tarde, os romeiros do Apostolado do Oratório seguiram para o Mosteiro da Adoração Perpétua ao Santíssimo Sacramento, das Irmãs Clarissas, onde ocorreu a segunda Celebração Eucarística.

A Romaria, conduzida pelo Pe. Orlando Kimura, EP, terminou aos pés da imagem de São Francisco, no Morro do Moinho, de onde o ”Poverello“ de Assis estende sua santificadora influência aos romeiros que visitam aquela localidade.

Em Jesus e Maria,

Francisco Guarany

Supervisor do Apostolado do Oratório

Abaixo fotos do evento: