Meditação do Primeiro Sábado de Agosto 2017

 Assunção de Nossa Senhora
Penhor da nossa ressurreição

Introdução

 Ao celebrar a entrada de Maria no Céu em corpo e alma, a Igreja reconhece n’Ela a “mulher vestida de sol” (Ap. 12, 1), a Rainha que resplandece junto do trono de Deus e ali intercede pelos homens. Antes de partir deste mundo, Jesus nos prometeu: “Voltarei e levar-vos-ei comigo para que, onde Eu estiver, vós estejais também” (Jo 14, 3).

Ora, Maria é o penhor e o cumprimento dessa promessa de Cristo, e a sua Assunção torna-se para nós um sinal certo de esperança e de consolação.

I – PLENA DE GRAÇA E DE CARIDADE RUMO AO CÉU

Em 1950 o Papa Pio XII definiu a Assunção de Maria como dogma, ou seja, como verdade de Fé que deve ser aceita e acreditada por todo católico. A Santíssima Virgem, pois, no fim de sua vida foi acolhida por Deus no Céu “com corpo e alma” e coroada plena e definitivamente com a glória que o Senhor preparou para os seus Santos.

Assim como Ela foi a primeira a servir Cristo na Fé, é a primeira a participar na plenitude da glória d’Ele no Céu.

Clique aqui e tenha acesso ao texto completo da Meditação.

Sobre Apostolado do Oratório

Blog oficial do Apostolado do Oratório dos Arautos do Evangelho, Associação Internacional de Direito Pontifício.
Esta entrada foi publicada em A palavra do sacerdote, Artigos Arautos do Evangelho, Datas comemorativas, Espiritualidade, , meditação, Meditações, Monsenhor João Clá Dias, Nossa Senhora, Primeiros Sábados, primeiros sábados do mês, Verdades eternas e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Meditação do Primeiro Sábado de Agosto 2017

  1. Leci aparecida Tavares de Sousa disse:

    Quero cada dia mais ser de Maria. Ela é seguro que nos leva a Jesus. Nossa senhora do Rosário de Fátima rogai por nós.

Deixe uma resposta